HomeVenezuela vai distribuir Petro para a população

Venezuela vai distribuir Petro para a população

O presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou 0,5 petros para cada cidadão venezuelano que se registrar no PetroApp, desenvolvimento pelo governo, segundo fontes locais.

O jornal mexicano El Universal relata que, para serem elegíveis para receber o airdrop de criptomoedas, os cidadãos precisam se registrar na carteira oficial de criptomoedas do governo, a PetroApp.

O PetroApp foi criado para permitir que os venezuelanos paguem por bens e serviços usando a criptomoeda lastreada em petróleo utilizando apenas um smartphone. Ele também permite que os cidadãos negociem as criptomoedas em um mercado p2p. No entanto, ele faz mais do que uma carteira comum, pois permite que os usuários troquem seus tokens por outras criptomoedas – atualmente ele suporta Bitcoin, Litecoin e Dash.

Maduro alegou que a iniciativa do airdrop incentivará os venezuelanos a adotar o Petro sobre a moeda fiduciária do país, o bolívar soberano. A criptomoeda lastreada por petróleo está disponível ao público desde outubro de 2018, mas ainda não ganhou muito apoio.

O CoinDesk relatou, no entanto, que, como o salário mínimo vale menos de US$10 no país, o lançamento de 0,5 Petro, que vale cerca de US$30, segundo fontes, pode ser um incentivo significativo para aumentar a adoção do projeto.

Junto com o airdrop, Maduro disse que mais de 500.000 Petros serão pagos com o fornecimento do estado para apoiar os governos locais em todo o país.

 

Como comprar XRP no Brasil

 

Essa não é a primeira iniciativa de Maduro para alavancar o uso da moeda, recentemente o governo ordenou ao maior banco do país, o Banco de Venezuela, que comece a aceitar depósitos na criptomoeda lastreada em petróleo para reforçar seu uso.

Apesar dos esforços do governo para aumentar a adoção do petro, a criptomoeda só foi aceita como método de pagamento em 93 lojas a partir de outubro de 2019, segundo autoridades. No mês passado, no entanto, ele afirmou que o petro tinha mais de 27.000 “empresas afiliadas.”

Como é de comum conhecimento, a Venezuela está passando por um período complicado financeiramente. Muitos países que estão passando por situações como essa estão adotando as criptomoedas como alternativa para o dinheiro em meio a inflação incontrolável.

Recentemente a movimentação de Bitcoin está aumentando consideravelmente, enquanto as carteiras de Dash continuam com cada vez mais usuários ativos. Isso mostra que a população está tentando utilizar as criptos como uma forma de escapar da situação precária da economia do país.

Porém, o Petro não vem se mostrando uma das melhores soluções. Primeiro porque ela é controlada pelo governo que foi o mesmo que quebrou a economia fiduciária (com uma ajudinha dos EUA).

Por isso, enquanto as criptomoedas são uma excelente forma de enfrentar a economia tradicional, as moedas estatais se mostram mais uma ferramenta de controle centralizado.

Veja também: Bitcoin cai abaixo de US$7.000. Quem é o culpado?

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags:

Assine hoje nosso boletim informativo exclusivo !

Emails personalizados

Sem SPAM

Alt coin news

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Veja a nossa política de privacidade aqui.