HomeRelatório: TRON ultrapassa EOS em Dapps, Ethereum ainda é líder absoluto

Relatório: TRON ultrapassa EOS em Dapps, Ethereum ainda é líder absoluto

janeiro 9, 2020 By Matheus Henrique

A adoção geral do criptomercado é algo aguardado por muita gente. Porém, a tecnologia de blockchain vai muito além de trazer uma nova classe de ativo para revolucionar as finanças, a blockchain tem o poder de trazer diferentes tipos de aplicações descentralizadas. Com isso em mente, um relatório recente apontou que o Ethereum, EOS e TRON são os campões no segmento de Dapps.

De acordo com um relatório recente do DappReview, empresa especializada em coletar e analisar dados de aplicações descentralizadas, o número de Dapps em 2019 aumentou consideravelmente e o movimento nesses aplicativos teve uma boa taxa de aceitação.

O mais interessante é que a rede TRON conseguiu se estabelecer como a segunda maior plataforma para desenvolvedores desses aplicativos, superando o EOS. Ainda assim, a rede Ethereum se mantém a líder absoluta nessa categoria.

O recente relatório focou no estado dos Dapps durante 2019 e em como o mercado evoluiu nesse período. Apenas em 2019 foram criados um total de 1.955 novos aplicativos descentralizados.

 

Comprar Ethereum no Brasil – Método Fácil

 

Esse crescimento alavancou o mercado desses aplicativos fazendo o número de dapps crescer para mais de 4.000. Durante o ano a TRON apresentou um crescimento acelerado, ultrapassando o EOS, seu principal concorrente até o momento. Isso tornou a TRON o segundo maior ecossistema de desenvolvimento para Dapps.

Porém a “ultrapassagem” não veio com muita folga. A distância entre a TRON e a EOS é bem pequena, com apenas 4 Dapps ativos de diferença entre as duas. Mesmo assim, vale notar que o número de transações na rede EOS é ainda bem maior do que na rede TRON.

Essas três plataformas principais são responsáveis por 98,65% de todo o volume de transações em 2019. Isso deixa todas as outras plataformas (IOST, Steemit, Waves, etc…) com menos de 2% do volume, mostrando a força significante das três principais.

O relatório destaca que durante o ano passado as transações em rede dessas aplicações atingiram um total de US$23 bilhões, um número considerável, até mesmo para as aplicações centralizadas. Porém em termos de escala de usuários a indústria está bem atrás de qualquer aplicação centralizada.

Enquanto esse setor está crescendo aos poucos em relação ao setor centralizado, o ano passado viu a chegada de muitos novos desenvolvedores e usos. Com uma maior participação de novas pessoas o setor viu novas ideias interessantes surgindo, como a DeFi (Finanças Descentralizadas), NFT (Tokens não fungíveis) e a evolução nos jogos da blockchain.

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais: