Importante proposta para escalabilidade do Bitcoin está “quase pronta”

0 Comentários

O Bitcoin é sem dúvidas o mais importante ativo digital dentro do criptomercado e um dos principais avanços tecnológicos dentro do setor financeiro. Porém, por ter sido a primeira de todas, existem alguns problemas com a rede do Bitcoin que ainda precisam ser consertados, principalmente a privacidade e escalabilidade. É justamente esses dois pontos que os desenvolvedores da proposta de atualização Taproot/Schnorr querem resolver.

Segundo informações do The Block, a proposta para a aguardada atualização Taproot está quase pronta. A atualização Taproot apresenta uma possibilidade notável de mitigar os principais problemas do Bitcoin que podem até atrapalhar a sua adoção pelo mercado mainstrain.

Vale notar aqui que a atualização ainda está longe de realmente ser implementada. Aliás, ela está longe de entrar na lista para ser discutida como uma implementação. A proposta está perto de ser finalizada para poder se tornar uma BIP (Bitcoin Implementation Proposal).

Desde a sua primeira apresentação em janeiro de 2018 por Greg Maxwell, um dos desenvolvedores do Bitcoin Core, a proposta passou por uma série de rounds de feedback para adequar a proposta de acordo com as expectativas do mercado.

Recentemente Pieter Wuillie, outro desenvolvedor core do Bitcoin atualizou o status da proposta Taproot/Schonnor em dezembro, dizendo que a ideia está passando pela fase final de adaptação ao feedback recebido.

 

Como comprar Bitcoin no Brasil!

 

O Taproot é a de acrescentar um novo grau de privacidade fazendo todas as transações, não importante o quão complexa, parecerem iguais para os observadores da blockchain. Por exemplo, se uma transação contém multi-assinatura, com três assinaturas diferentes para que a confirmação seja feita, o Taproot pode juntar todas elas em uma saída Taproot com uma única chave que valida todas as três.

Sendo assim, apenas essa chave final precisa ser confirmada. Em teoria isso faz com que a rede seja mais privada, afinal as três assinaturas iniciais estarão “escondidas” e também diminuiria o espaço utilizado nos blocos, já que as três chaves não vão precisar ser transmitidas.

A atualização, em teoria, pode diminuir as taxas do Bitcoin de 30% a 70% e aumentar a velocidade de confirmação em 2.5x.

Os apoiadores da ideia afirmam que essa atualização traz um recurso necessário para a rede e traz grandes implicações na escalabilidade, fungibilidade e inovação de script.

Para que o Taproot funcione é necessário também a implementação das assinaturas Schnorr. Por isso, a implementação de ambas anda lado a lado. A atualização de Wuillie ainda não foi formalmente apresentada como um BIP, mas o desenvolvedor disse em entrevista para o The Block que ele em planeja oficializar a proposta.

Veja também: Libra: O Bitcoin não é um meio de pagamento

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.