Tether lança Stablecoin apoiada por ouro

0 Comentários

A emissora de stablecoin Tether notou uma grande carência no mercado de criptoativos, os problemas com a volatilidade dos ativos digitais. Sendo assim, em 2015 apresentou o stablecoin USDT atrelado ao dólar americano. Apesar de muitas críticas, o USDT conseguiu o título de “rei dos criptoativos estáveis”. Baseada em todo esse sucesso, a Tether não para de expandir e decidiu lançar mais uma stablecoin.

Conforme anunciado, o novo token é lastreado em commodities atrelado ao ouro. Além disso, será emitido nas redes do Ethereum e Tron. O novo token, XAUt, representa uma onça fina de Troy de ouro em uma barra de Londres Good Delivery. O ouro que apoiará o XAUt deve ser mantido em um cofre de segurança e secreto na Suíça.

“O token XAUt pode ser transferido para qualquer endereço na cadeia da carteira Tether dos compradores, onde é emitido após a compra. Barras de ouro específicas serão associadas a cada endereço na cadeia onde o Tether Gold é realizado”.

Diferentemente dos demais produtos da Tether, este não terá a taxa de gás. Taxas serão cobradas apenas para emitir e resgatar o token.

A princípio, a empresa declarou que “o ouro alocado será identificável com um número de série, peso e pureza exclusivos”. A emissora também afirmou que a qualquer momento os titulares da nova stablecoin poderão verificar os detalhes da barra de outro atrelada ao seu endereço em um site.

Tether conseguiu realizar algo atrativo ao colocar uma stablecoin no ativo de maior demanda global. Principalmente porque grande parte das pessoas, que desejam obter a segurança oferecida pelo ouro, não conseguem construir um cofre seguro. Todavia, o XAUt apresenta uma barreira de entrada que não é vista no USDT. A nova stablecoin só pode ser comprado após a criação e verificação dos usuários na empresa por trás do token, TG- Commodities Limited.

Ademais, o valor mínimo estipulado para compra é muito alto, pois se trata da quantia de 50 XAUt, ou seja, 50 onças Troy finas. No momento da escrita do artigo, esse preço chega a US$77,950. Complicando ainda mais, a compra só pode ser feita com dólares americanos. Apesar de não haver taxa de custódia, os proprietários do XAUt pagarão uma taxa de 25 pontos base ao comprar a stablecoin.

Barreiras para saques também foram impostas. Como resultado, quem desejar resgatar o seu token pelo ouro físico deverá ter pelo menos uma barra cheia de tokens em ouro.

Por fim, a Tether não anunciou o nome do banco ou instituição que está guardando o ouro. Isso para alguns é uma forma de manter a segurança do ativo. Contudo, a fama de emissora faz com que outros desconfiem. O USDT já está muito manchado pela Tether que não oferece uma auditoria confiável. Logo, a desconfiança de que a emissora realmente tenha ouro é plausível, já que a empresa não apresentou prova alguma.

 

Clique aqui para ler: Projeto de lei do Havaí pode facilitar adoção das criptomoedas

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.