John McAfee desiste de aposta infame sobre preço do Bitcoin

2s Comentários

Desde 2017, quando o criptomercado teve a sua alta histórica e se tornou um dos principais assuntos em várias mídias, muitas coisas foram carregadas deste período. E uma das mais curiosas (e que muita gente estava aguardando com ansiedade) era a aposta de John McAfee em relação à cotação do Bitcoin.

Em 2017, antes mesmo do Bitcoin se tornar figurinha carimbada nas notícias por causa da sua alta, McAfee disse que o Bitcoin estará cotado em US$500 mil até 2020 ou então ele “comeria o próprio pênis”.

A aposta ficou infame no criptomercado, porém, não apenas deixou McAfee como um dos nomes principais da comunidade de criptomoedas (apesar de não afetar diretamente o criptomercado) como foi um exemplo de como os holders de Bitcoin são otimistas em relação ao preço.

Há não muito tempo atrás, ele tinha aumentado ainda mais a sua previsão, que na época já era bem ridícula. O empresário da segurança cibernética disse que iria cumprir a sua promessa caso o Bitcoin não atingisse US$1 milhão até o dia 31 de dezembro de 2020. Ou seja, ele teria 12 meses para que o BTC tivesse uma alta extraordinária.

Esse aumento é bastante improvável, mas agora McAfee não vai precisar mais se preocupar em manter todas as suas partes do corpo. Em um tuíte recente, ele disse que tudo não passou de uma armação para trazer mais pessoas para o criptomercado.

Isso quer dizer que o apoiador do Bitcoin já não confia mais tanto em uma alta no preço da criptomoeda. Porém, segundo ele, tudo foi planejado e ele tem “consciência de que o Bitcoin é uma tecnologia ultrapassada”.

 

Cotação da Ripple hoje – Tabela atualizada e análise técnica

 

No tuíte ele diz que “O Bitcoin nunca foi prioridade. É uma tecnologia antiga. Todos nós sabemos disso. As novas blockchain possuem mais privacidade, contratos inteligentes, aplicativos descentralizados e muito mais. Bitcoin é o nosso futuro? O Modelo T (carro produzido em 1908) era o futuro dos automóveis?”

Ou seja, McAfee não apenas perdeu a confiança no Bitcoin, mas também acredita que é hora das blockchains mais novas ganharem o interesse do público.

O Bitcoin realmente não tem muita privacidade. As transações realizadas on chain e sem nenhum embaralhador podem ser facilmente rastreadas, por isso as criptomoedas anônimas têm ganhado espaço entre as pessoas que buscam anonimato total, como é o caso das vendas na dark web.

Não é à toa que quando perguntado sobre qual era a “clara vencedora entre as blockchains”, McAfee respondeu categoricamente:

Por enquanto o Bitcoin se mantém a mais forte entre todas as criptomoedas, tanto em valor quanto em adoção. Porém, muitos acreditam que em 2020 as moedas anônimas vão ganhar muito mais espaço.

Veja também: Litecoin tem valorização de mais de 20% no começo do ano

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.