HomeDados mostram que Bitcoin “não caiu” em 2019

Dados mostram que Bitcoin “não caiu” em 2019

dezembro 29, 2019 By Soraia Barbosa

2019 foi um ano muito maluco para o criptomercado, principalmente para o Bitcoin. O ano teve muitos altos e baixos com a moeda tendo momentos excelentes e, até agora, terminando o ano com uma boa estabilidade, se mantendo acima dos US$7.000. Porém, apesar de momentos de baixa, novos dados mostram que o BTC não entrou em território negativo em nenhum momento de 2019.

Calma! Isso não quer dizer que o preço não caiu durante o ano, os dados mostram que a Média Móvel de 200 dias do Bitcoin (um dado que é calculado a partir da média dos valores durante um determinado período) não entrou em períodos de pressão de venda do bear market durante todo o ano.

Como notado pelo analista de criptomoedas PlanB, conhecido na comunidade de criptomoedas, a Média Móvel de 200 dias do Bitcoin cresceu US$150 dólares por mês, cerca de 3%, sem nenhum momento de queda.

É fácil ter uma posição negativa sobre o Bitcoin quando analisamos as penas as quedas ou então se analisarmos particularmente a transição de 2017 para 2018, quando o BTC perdeu cerca de 80% do seu valor.

 

Cotação Ethereum: qual é o preço do Ethereum hoje?

 

Mas os dados apresentados por PlanB mostram que a moeda está com uma “excelente saúde”, com um crescimento constante e com ganhos cada vez melhores. Vale lembrar que tirando a criptomoeda Tezos, o Bitcoin teve a melhor valorização do ano, continuando com o seu reinado absoluto dentro de todo o criptomercado.

Não apenas isso, o BTC se tornou o ativo que mais valorizou na década. Portanto, quando olhamos em um gráfico em um cenário macro, a moeda tem uma alta constante. Com poucas exceções, desde a sua criação a moeda manteve uma alta que apresenta mínimos cada vez mais altos.

Ou seja, mesmo perdendo valor, o Bitcoin está sempre crescendo e trazendo algum lucro, a não ser para aqueles que compraram durante a alta máxima. Quem comprou em 2014, 2015, teve um retorno de investimento incomparável.

Mais crescimento para 2020?

Muitos analistas acreditam que o Bitcoin verá mais crescimento logo no começo de 2020. WillyWoo, outro famoso analista do “CriptoTwitter” recentemente disse que não estamos em um momento de negatividade, mas sim entrando em uma fase de re-acumulação antes de uma nova alta.

Segundo Woo, dessa vez o BTC está seguindo em vários ciclos de crescimento orgânico. Em 2018 o crescimento era inorgânico, com muito dinheiro colocado através de momentos de pump e isso fez com que o Bitcoin despencasse.

Dessa vez o problema não vai acontecer mais uma vez.

Veja também: Midas Trend anuncia fim da venda de robô de arbitragem

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais: