A expansão dos criptoativos na China pela Tencent

0 Comentários

A gigante de tecnologia da China, Tencent, é uma das empresas mais importantes do país asiático. Ela possui o principal serviço de mensagens instantâneas da China, o WeChat. Além disso, é o maior portal de Internet local. O WeChat Pay é um dos maiores processadores de pagamento do mundo, ele representa quase 40% da indústria de pagamentos móveis de vários trilhões de dólares da China. Focando ainda mais em seu crescimento, a empresa decidiu criar um grupo de pesquisa de criptoativos.

No relatório publicado pela Tencent, divulgado pela mídia chinesa, a empresa informou que está procurando um novo chefe do grupo de pesquisa. O grupo de investigação irá focar no futuro da empresa na indústria de pagamentos digitais através do uso da tecnologia blockchain.

O grupo também fará o acompanhamento e a implementação das “políticas mais recentes dos departamentos governamentais relevantes, realizará pesquisas relacionadas à moeda digital e inovação do modelo de negócios e verificação do cenário de aplicativos”.

O principal motivo para a criação desse grupo é continuar a promover o layout da estratégia de pagamento da empresa. Ademais, poderá “garantir o desenvolvimento saudável a longo prazo dos negócios de pagamento e alavancar ainda mais as vantagens de recursos e tecnologia entre os departamentos”.

Outra resposta para a criação do grupo é o apelo do governo central para “realizar pesquisa em moeda digital, pagamento móvel e outras aplicações inovadoras em Shenzhen”.

Essa não é a primeira vez que a gigante da tecnologia chinesa cria projetos relacionados ao blockchain. A empresa tem um bom histórico quando se trata de iniciativas de pesquisa associadas a tecnologia.

Em 2015 a Tencent começou a construir uma equipe de pesquisa e desenvolvimento relacionada a tecnologia. Desde então já fez várias incursões no blockchain. Em Shenzhen, por exemplo, existe um sistema de coleta baseado no blockchain desenvolvido pela Tencent.

Para o leitor ter uma ideia da dimensão do sucesso do sistema, no início de novembro, o serviço de impostos da cidade informou que mais de 10 milhões de “Blockchain bills” haviam sido emitidos.

A Tencent também é vista pelo Banco Popular da China (PBOC), de acordo com a CNBC, como uma possível emissora do yuan digital em desenvolvimento. A sugestão do relatório divulgado pela CNBC é que uma nova unidade da Tencent trabalhará no desenvolvimento do plano piloto de moeda digital do governo na cidade de Shenzhen.

Em outubro, a empresa fez o anúncio da abertura de um banco virtual para fornecer serviços financeiros alavancando a tecnologia blockchain. O WeBank já está em total funcionamento. O banco trouxe mais uma conquista para a Tencent tornando-se o primeiro provedor de infraestrutura técnica para a rede nacional de blockchain da China.

 

Clique aqui para ler: Paraguai se prepara para regulamentar mercado de criptomoedas em 2020

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.