Análise Técnica Bitcoin – Preço do BTC hoje – Tendência de alta de longo prazo ainda intacta

1 Comente

analise-tecnica-bitcoin

Durante cerca de um mês, a primeira criptomoeda está se movimentando lateralmente, as vezes em alguns momentos indo para baixo para depois voltar a subir, mas sempre se mantendo entre os níveis US$ 7.100 e US$ 7.400 na última semana. Atualmente o Bitcoin está sendo negociado por US$ 7.241, registrando uma desvalorização de cerca de 2% nas últimas 24 horas.

O mercado não tem mostrado um grande otimismo ao ponto de haver uma confirmação de um aumento de preço em direção à área de US$ 7.800 que se mostrou um importante nível de resistência, mas apesar do sobe e desce do preço nesse último mês do ano, a tendência de alta de longo prazo continua inabalável.

Tendência de longo prazo

“A tendência de alta do longo prazo para ao preço do Bitcoin está intacta”, foi o que declarou no Twitter o analista @CryptoMichNL publicou um gráfico do preço do Bitcoin onde mostra o desenvolvimento do preço do Bitcoin desde o início da tendência de alta em 2016.

Dando os detalhes e explicando a formação de um “Golden Pocket” (bolso dourado), uma área entre a retração de Fibonnaci 0,65 e 0,618, ele ressalta que, a longo prazo a tendência de alta continua.

gráfico de preço do Bitcoin

O Bitcoin tem mostrado uma certa estabilidade desde cerca de 25 de novembro, registrando alguns picos de alta em alguns momentos, US$ 7.335 em 19 de dezembro e atingindo a máxima de US$ 7.614 em 23 de dezembro na última semana.

Conforme 2019 vai chegando ao fim, uma das principais exchanges de criptomoedas, a BitMEX e sua equipe de pesquisa divulgaram algumas previsões para o preço do Bitcoin para o próximo ano.

A equipe de pesquisa de uma das principais criptomoedas BitMEX em seu perfil no Twitter declararam acreditar que em 2020, o Bitcoin não cairá abaixo de US$ 2.000, mas que o preço permanecerá dos US$ 15.000, diz a equipe.

Eles também falaram sobre o domínio do mercado de Bitcoin e citaram uma declaração de Craig Wright, que diz que em 2021 a China encerrará todas as operações de mineração de Bitcoin no país.

Halving do Bitcoin

A grande expectativa para o próximo ano é o Halving, muitos analistas tem depositado suas esperanças de uma nova grande valorização nesse evento que irá acontecer em maio de 2020.

O Halving está previsto para acontecer em  maio de 2020, reduzindo pela metade o número de novas moedas concedidas aos mineradores de Bitcoin. Essa é uma grande transição, ao reduzir a emissão de Bitcoins no valor de vários bilhões de dólares a cada ano.

Os investidores já estão se preparando, visando a valorização no preço da primeira criptomoeda que aconteceu em halvings anteriores, que garantem a escassez do Bitcoin e manter um limite para a inflação de preços. Os investidores, mineradores e traders de Bitcoin, estão tentando entender como a próxima metade pode se dar para ganhar vantagem.

Para entendermos um pouco a influência desse evento no preço do Bitcoin, a explicação está na lei da oferta e da demanda. Se a oferta é reduzida e a demanda permanece crescente, os preços sobem. Em uma entrevista a Reuters, alguns mineradores e traders disseram que o halving, provavelmente desencadeará uma grande volatilidade e altos volumes de negociação, mas a redução no fornecimento certamente terá um impacto menor no preço. “Muitos traders já estão preparados para o evento”, disseram eles.

Clique aqui para ler: Ripple é a segunda empresa mais valiosa do setor de criptomoedas

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.