Regulador pede regras globais para o monitoramento do mercado de criptomoedas

0 Comentários

O principal regulador financeiro da Coreia do Sul disse que as regras globais são necessárias para monitorar os riscos que envolvem as criptomoedas, citando transações virtuais e sem fronteira das moedas digitais.

Yoon Suk-heun, governador do Financial Supervisory Service (FSS), fez as declarações em uma reunião da Conferência de Supervisores Financeiros Integrados, um órgão consultivo de reguladores financeiros de 16 países, em Seul.

“No caso de criptomoedas e ofertas iniciais de moeda, as regras nacionais só levariam a lucros, porque tais transações são feitas além das fronteiras”, disse Yoon na reunião. “Portanto, devemos formar um sistema regulatório global”.

A Coreia do Sul tem como objetivo promover a tecnologia blockchain, que está por trás das criptomoedas, mas vai se esforçar para conter as transações especulativas, disse Yoon.

Em janeiro deste ano, o país asiático iniciou um sistema que proíbe contas bancárias anônimas em transações para evitar que moedas virtuais sejam usadas para lavagem de dinheiro e outras atividades ilegais.

O sistema era parte das medidas mais recentes do governo para restringir o investimento especulativo em criptomoedas.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.