HomeCoreia do Sul banirá trading anônimo dia 20 de janeiro: exchanges poderão ser encerradas

Coreia do Sul banirá trading anônimo dia 20 de janeiro: exchanges poderão ser encerradas

O governo sul-coreano reforçará novas regras proibindo o uso de contas anônimas de negociação de criptomoedas a partir de 20 de janeiro.

De acordo com a agência de notícias coreana Yonhap, o governo está de olho no crescente mercado local de criptomoedas para reduzir os investimentos especulativos em criptomoedas. Citando fontes anônimas da indústria financeira, o relatório também aponta as diretrizes que irão exigir que as exchanges sejam cumpridas com as normas de combate ao branqueamento de capitais.

O governo coreano anunciou a intenção de implementar reguladores entre o mercado de cripto comercial do país na semana passada após preocupações sobre “perdas elevadas devido à volatilidade excessiva”.

“Os funcionários compartilham a visão de que o comércio de moeda virtual está sobre-aquecendo irracionalmente… e não podemos mais ignorar essa situação especulativa anormal”, acrescentou um trecho da declaração do governo.

As novas regras só permitirão depósitos e saques a traders com nomes de contas correspondentes em seus bancos e exchanges de criptomoedas. Novas “contas virtuais” anônimas também verão uma proibição completa como parte da agenda do governo para mandar e fortalecer as regras do KYC (know-your-customer) no setor.

Tal é a mania de criptomoedas da Coréia entre investidores de varejo, novos adotantes e cidadãos comuns que o primeiro-ministro Lee Nak-yon chamou de “fenômeno patológico” no final de novembro.

A data relatada para proibir a negociação anônima ocorre dentro de um mês de autoridades coreanas que realizam inspeções no local de intercâmbios múltiplos de criptomoedas após a bolsa Youbit, em meados de dezembro.

Enquanto as autoridades coreanas não proibiram o comércio de criptomoedas de forma definitiva, um alto funcionário do governo confirmou que os reguladores “considerarão” o desligamento das exchanges, se necessário, no futuro. A sugestão de uma proibição definitiva foi proposta pela primeira vez pelo Ministério da Justiça da Coréia no início de dezembro, embora tais medidas paralisantes sejam seguramente seguras para enfrentar a oposição de outros legisladores.

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.