HomeYouTube é acusado de exibir propagandas com links maliciosos imitando a carteira Electrum

YouTube é acusado de exibir propagandas com links maliciosos imitando a carteira Electrum

Hoje em dia parece que está cada vez mais difícil de tentar escapar dos golpistas que atuam no mercado de criptomoedas. Aparentemente não estamos mais a salvos nem mesmo ao procurar por vídeos relacionados ao criptomercado no YouTube, pelo menos é o que sugere um usuário do Reddit.

O YouTube, maior plataforma de vídeos do mundo, supostamente exibiu uma propaganda com links maliciosos que se passava pela carteira de Bitcoin Electrum. O primeiro a relatar o caso foi o usuário do Reddit Mrxplatyupus, que disse ter encontrado com a propaganda nos vídeos e que ela se passava por um anúncio da Electrum.

No post, o usuário afirma que “A propaganda até fala para você ir para o link certo (electrum.org) mas ao clicar no vídeo da propaganda, ele imediatamente começa a baixar um arquivo exe malicioso.”

O curioso era que a propaganda baixava o arquivo do site “elecktrum.org”, o que pode enganar muitos usuários que não estão atentos para o link do arquivo. Esse é um tipo comum de golpe, conhecido como typosquatting, que é basicamente criar um site com um nome muito parecido para enganar os usuários, muitos usam isso para ganhar dinheiro criando sites com nomes “parecidos” e simplesmente enchê-los de propaganda.

No post, o usuário também disse que não havia maneira óbvia de alertar o Google sobre os riscos da propaganda.

A coluna Hard Fork, do site The Next Web, entrou em contato com o Google para verificar se a propaganda era real. Segundo eles, um representante da companhia disse “Nossa equipe está tomando as ações necessárias contra a propaganda relatada.”

Essa não é a primeira vez que o Electrum passa por um golpe parecido. Em abril do ano passado, um golpista comprou um domínio (electrum.com) que era bem próximo do site principal da companhia (electrum.org) e usou o endereço para imitar os serviços da companhia. A empresa precisou lançar uma declaração oficial para avisar seus usuários que o domínio não pertencia a eles e que provavelmente seria usado para instalar malware no computador dos usuários.

O pior é que esse caso fica mais absurdo! 1 mês depois que o golpe foi descoberto, os donos da electrum.com (que se chamava Electrum Pro), acusaram a Electrum verdadeira de arruinar suas reputações e fugiram com o dinheiro de alguns usuários que enganaram.

Veja também: DragonEx é hackeada e tem valores de clientes roubados

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.