HomeCoinBene inicia manutenção imprevista em meio a rumores de hack

CoinBene inicia manutenção imprevista em meio a rumores de hack

A comunidade de criptomoedas possui diversos membros ativos e que estão sempre prestando atenção em diferentes exchanges e criptomoedas e sempre atentos aos rumores. Hoje, um dos principais rumores do mercado está sendo a CoinBene e sua manutenção inesperada.

A CoinBene é a 16ª maior exchange por volume ajustado segundo os dados do CoinMarketCap e hoje, 26, entrou em um período de manutenção sem avisou prévio. Por si só, isso não é algo ruim ou completamente incomum, porém, a manutenção inesperada teve inicio justamente quando rumores de um possível ataque hacker contra a corretora começaram a ganhar força nas redes sociais.

O anúncio foi feito inicialmente através do Twitter, em uma resposta a um tuíte de um usuário de criptomoedas chamado Crypto James.

“Depósitos pendentes por uma hora. A CoinBene foi hackeada? Eu acho que a CoinBene foi hackeada, por isso ela colocou suas carteiras em uma manutenção imprevista.”

A conta oficial da CoinBene respondeu:

 “Para melhorar a experiência dos nossos usuários, a CoinBene está atualizando a sua plataforma de wallets durante o dia 26 de março. Durante a manutenção, operações relacionadas à carteira vão ser afetadas, assim como depósitos e saques. Trading não será afetado.”

Nick Saponaro, o CIO da empresa de blockchain Diviproject, sugeriu que algo mais sinistro pode estar por trás da manutenção, já que dados da rede Ehereum mostram que mais de $40 milhões em tokens ERC-20 foram movidos das carteiras da corretora.

Alguns usuários chegaram a comentar que o endereço para onde os valores foram enviados estava marcado como “Cold Wallet” por um usuário do Etherscan e que outras carteiras estavam marcadas como “Marketing” e “Time”, dando a entender que essa recente transação tenha sido ações internas comuns.

Até o momento a CoinBene não se pronunciou oficialmente sobre os rumores de um ataque hacker, e, como é de praxe, isso faz com que as especulações aumentem cada vez mais, assim como a desconfiança sobre a exchange.

Outro membro da comunidade de criptomoedas, o russo Nick Schteringard disse em um tuíte que diversos usuários relataram que suas carteiras foram hackeadas. Além disso, ele também menciona que um grande número de MaximineCoin, ou MXM, estão envolvidos nas transações.

Essa é uma cripto bem desconhecida, mas que teve uma recente alta de mais de 700%.

Agora, o jeito é esperar por alguma declaração oficial da CoinBene para esclarecer as preocupações dos usuários.

Veja também: Envie Bitcoin através do WhatsApp: Adoção em massa a caminho!

 

 

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.