HomeLançado WBTC, o Bitcoin tokenizado na rede Ethereum

Lançado WBTC, o Bitcoin tokenizado na rede Ethereum

janeiro 31, 2019 By Matheus Henrique

Foi introduzido no mercado um “novo bitcoin”, chamado de Wrapped Bitcoin (WBTC). O projeto foi lançado no meio da semana e foi concluído após um período de espera depois do seu anúncio, que foi feito em outubro de 2018. A cripto foi desenvolvida em uma iniciativa conjunta da Bitgo, Kyber Network e a Republic Protocol e tem como objetivo criar um token na rede Ethereum que tem par de 1:1 com o Bitcoin.

Os desenvolvedores do projeto dizem que a moeda é necessária porque a maioria dos volumes de negociação são feitos em exchanges centralizadas e com o Bitcoin como moeda base. Mas o WBTC quer mudar esse cenário, padronizando o Bitcoin para o ERC20, consequentemente permitindo a implementação de contratos inteligentes para o Bitcoin.

“O WBTC vai permitir que a rede Ethereum seja usada para criar novas aplicações e casos de uso para o Bitcoin. O WBTC padroniza o Bitcoin para o formato ERC20, então dappss como o Compound, Dharma, Dydx, Gnosis, Maker, Set protocol e muito mais podem ser usadas pelo Bitcoin para empréstimos descentralizados, margin trade e mercados derivativos. Futuras aplicações e casos de uso serão identificados, explorados e implementados conforme o ecossistema continua a crescer.”

Apesar do otimismo, é importante ressaltar que, por motivos legais, o time de desenvolvimento decidiu obedecer às regulações estritas da AML e da KYC. Por isso a transferência das criptos não é um processo fácil, mesmo se comparado com as operações comuns em exchanges. As transações são feitas através de um processo complicado de cadeia de suprimento e entrega.

Os usuários precisam contatar um mercador para oferecer os BTCs. Depois de completar os requerimentos da AML e KYC, o mercador autoriza a custodiante a minerar os tokens necessários. Essas custodiantes são as únicas permitidas a oferecer os BTCs se o mercador fizer o requerimento. Atualmente, a única empresa autorizada a esse serviço é a BitGo.

Saiba o que é uma ICO reversa!

Tags: