HomeVolatilidade do Bitcoin cresce quase 200% em menos de um mês

Volatilidade do Bitcoin cresce quase 200% em menos de um mês

placa de trânsito com a palavra volatilidade escrita

A volatilidade dos preços do Bitcoin aumentou quase 200%, em menos de um mês.

 

Sendo assim, após a forte valorização ocorrida no início do mês de abril, o indicador de volatilidade em apenas dois dias subiu de 1,26% para 3,31%. Desde então, o Bitcoin vem negociando em uma faixa relativamente estreita – entre US$ 4.900 e US$ 5.400.

Até o momento, a volatilidade diária do bitcoin é de 3,54%, que é o maior valor nos últimos três meses.

Em março a volatilidade da primeira criptomoeda chegou perto de atingir o menor valor desde a sua criação. De acordo com um relatório da Marketwarch, a volatilidade dos preços do Bitcoin está prestes a atingir os seus níveis mais baixos já registrados. Citando dados de mercado da Dow Jones, o relatório afirma que a faixa de negociação mensal do Bitcoin para março é de 7,8%.

Antes de março, a segunda menor volatilidade foi de 21,2% registrada no início de 2017 e a média mensal de negociação desde outubro de 2013 foi de 53,7%.

“A volatilidade das criptomoedas é um tipo de problema de quem veio primeiro, a galinha ou o ovo”, diz o autor Omid Malekan. O que faz o Bitcoin ser tão volátil é que os mercados ainda não terem tanta líquidez, e a melhor maneira de tornar os mercados mais líquidos é tornando o Bitcoin menos volátil! Deveria ser simples, né? De fato, o que precisamos é de mais pessoas para embarcar em um mercado arriscado para abaixar o risco, grande parte da questão gira em torno de como resolver esse enigma.

Outro dentre os principais problemas que causam a volatilidade do Bitcoin agora é que há muito dinheiro nas mãos de poucas pessoas. Grandes baleias podem criar enormes oscilações nos preços vendendo grandes quantidades.

Somente o uso disseminado do Bitcoin e das altcoins como moeda real, levará à estabilidade desse mercado e para isso é necessário que a infraestrutura seja robustecida ainda. Isso não significa que devamos ser céticos quanto ao potencial desse mercado nem diminuir os grandes feitos realizados até aqui, mas indica que devemos admitir o óbvio e entender que as moedas digitais descentralizadas precisam melhorar muito a fim de termos a adoção que diminuiria a volatilidade.

A volatilidade do Bitcoin continua a ser uma das principais barreiras à adoção em massa – se quisermos usá-lo como uma forma de pagamento. Mas se quisermos continuar especulando e negociando nas exchanges, talvez as flutuações sejam boas. Talvez as stablecoins ou outros da interminável lista de criptos emergirão como a maneira mais segura e legítima de trocar valor. Só tempo dirá!

Leia mais: Análise Técnica Bitcoin – Preço do Bitcoin Hoje – 22/04

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.