HomeStartup lança primeira stablecoin da África

Startup lança primeira stablecoin da África

O criptomercado floresce em diferentes nações do mundo. Porém, enquanto muitas pessoas focam no mercado dos EUA ou então no centro europeu, há muito desenvolvimento em países da África.

No continente africano, onde há muitas economias com problemas, os ideais da blockchain e das criptomoedas se desenvolvem bastante, facilitando as vidas daqueles que não possuem acesso ao sistema bancário tradicional.

O momentum do criptomercado na África parece não ter diminuído. As startups iniciantes estão aproveitando a tecnologia de blockchain e contabilidade descentralizada para criar aplicativos novos que mudarão o futuro das finanças no continente. As informações são do site Bitcoinist.

A Africa Stable-Coin é uma criação da startup de transferência de dinheiro transfronteiriça Bit Sika, com sede em Gana. Segundo relatos, o projeto foi realizado em colaboração com a Linovo Capital e foi apresentado na semana passada.

O projeto fez parte do Programa de Incubação da Binance Labs no início deste ano. O CEO da Bit Sika, Atsu Davoh, conheceu Jack Dorsey quando o chefe do Twitter estava em sua viagem à Gana.

Para quem não sabe, Dorsey é um grande entusiasta das criptomoedas e um grande fã do Bitcoin, sendo um dos principais apoiadores da adoção da descentralização. Ele até mesmo planeja utilizar esses conceitos no Twitter.

Não sabemos o quanto Atsu pode ter sido influenciada por Dorsey, mas é certeza de que ambos puderam trocar ideias, já que Jack Dorsey compartilhou algumas fotos com a presença de Davoh.

 

Como comprar Ethereum no Brasil

 

Mas o que exatamente é o Africa Stable-Coin? Bom, de acordo com o whitepaper do projeto:

“A Africa Stable-Coin ($ABCD) é um token criptográfico que é (i) emitido por uma empresa fiduciária, a $ABCD Collective, (ii) estritamente vinculado 1: 1 a um ativo do mundo real, a moeda fiduciária (Naira da Nigéria) e (iii) construído na rede Binance Chain [1], uma rede de consenso com Proof of Stake resistente ao Problema dos Dois Generais por meio de seu modelo de emissão de tokens.”

O texto também menciona que o ABCD combina a alta liquidez do Naira e a alta população da Nigéria com os avanços tecnológicos na tecnologia de criptomoedas. Ele é um token de stablecoin feito para uso na Binance Chain, assim como as versões tokenizadas do USD, GBP, AUD, CAD e HKD do TrustToken.

“Cada token da Africa Stable-Coins ($ABCD) é criado no momento do saque da $ABCD Collective e resgatados ou ‘destruídos’ no momento do depósito de volta”, acrescenta o whitepaper.”

O fundador do projeto, Atsu, considera que o Naira stablecoin tem muito mais uso, além de permitir que os usuários comprem criptomoedas com suas moedas locais. Segundo ele:

“Muitas pessoas têm dificuldade em diferenciar as criptomoedas e conhecer seu valor real na moeda local. Existem muitas moedas digitais apoiadas pelo dólar americano. Vimos como elas se saem bem.”

Mas sinto que também precisamos de criptomoedas compatíveis com as moedas nacionais africanas. As pessoas podem facilmente adquirir dólares americanos, mas ainda optam por gastar suas moedas locais. Isso ilustra o poder da familiaridade que buscamos.”

Para garantir a confiança no uso do ABCD, os fundos do emissor ABCD Collective serão auditados por um Contador Público Certificado independente no final de cada mês.

A stablecoin alimentada pela Binance Chain é suportada por 9 exchanges de criptomoedas

Veja também: Kraken anuncia staking de Tezos com retorno de 6% ao ano

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.