HomeSegundo a Binance Ethereum pode perder seu reinado

Segundo a Binance Ethereum pode perder seu reinado

A exchange Binance lançou mais uma pesquisa. Desta vez a Binance Research publicou um relatório que compara diversos projetos de blockchains. A pesquisa mostra que o Ethereum tem uma enorme desvantagem em relação aos seus concorrentes por conta de sua baixa escalabilidade.

O Ethereum é o segundo maior blockchain em capitalização do mercado e é o mais escolhido para a criação de tokens. Contudo, o relatório da Binance mostra que o apelo das empresas por seu blockchain pode desaparecer. Os problemas de escalabilidade, transações lentas e altas taxas estão fazendo com que os desenvolvedores passem a olhar para outros blockchains programáveis.

Mesmo que o Ethereum seja o número um na escolha de criação de tokens, Binance afirma que ele também e overstuffed (cheio demais). Ela diz que outras concorrentes, como a Binance Chain, estão encontrando formas de marcar presença com compatibilidade, armazenamento e facilidade de pagamento de taxas.

Outro ponto negativo para o Ethereum apontado pela exchange são as taxas. Algumas transações exigem taxas de gás superiores a 30 centavos cada. Isso impede um número maior de participação na rede. Outro fator que reprime a expansão da rede é que os usuários não podem realizar transações a menos que possuam Ether. Isso é um grande problema para quem não é operador ativo do Ethereum. Nessa categoria a Binance Chain sai na frente já que tem taxas de transações fixadas e permite o pagamento com qualquer criptomoeda negociável.

Um exemplo de perda de reinado do Ethereum são os jogos. Tanto EOS como a Tron, segundo o relatório, são plataformas mais fortes para jogos que o Ethereum. Mais de 80% dos dapps nessas redes são de jogos de azar e cassinos online. Já no Ethereum apenas 33% são dapps relacionados a jogos.

Binance também afirma que muitos dos tokens executados no Blockchain do Ethereum são tokens sem valor. Muitos se resultam em spam e obscurecem a rede. Ela baseia essa conclusão nos custos de emissão associados à implementação dos contratos inteligentes incorridos em taxas de gás.

A exchange mostra que os concorrentes do Ethereum, como EOS, Tron e Steemit, também tem tokens sem valor, mas esses números são baixos em comparação com o Ethereum. De acordo com a pesquisa, a rede de blockchain da Binance é a que detém o maior número de tokens de valor positivo após o Ethereum e é seguida por NEO que leva o terceiro lugar de blockchain com mais tokens de valor.

Binance adiciona ao relatório a grandeza do Ethereum no mercado, mas também afirma que há muitas blockchains com propostas mais atraentes.

“Muitas blockchains concorrentes também oferecem uma proposta de valor atraente para emitir tokens, o que pode desafiar a liderança existente da Ethereum para tokenização on-chain. Alguns blockchains permitem a criação de tokens nativamente (por exemplo, Binance Chain) enquanto outros contam com a implantação de contratos inteligentes, seguindo as práticas da Ethereum.”

Na conclusão do relatório a exchange se mostra a favor da concorrência entre as blockchains.

“Eventualmente, uma grande variedade de blockchains programáveis ​​provavelmente coexistirão se as soluções de interoperabilidade entre as redes se desenvolverem e se mostrarem seguras e utilizáveis. A ascensão do agnosticismo blockchain, em conjunto com a convergência de melhores práticas e linguagens de programação, poderia levar a uma série de blockchains com diferentes casos de uso e comunidades em diferentes escalas.”

Clique para ler: Bitcoin: 7% de chance de ir 20 mil dólares em 2019

 Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.