Ripple: Bitcoin é dominado pela China

0 Comentários

Enquanto vemos o XRP com uma valorização de 3,86% e se consolidando ainda mais na terceira colocação no mercado de criptoativos, as críticas sobre a altcoin não param de crescer. Certamente o XRP é visto pela comunidade como um dos criptoativos mais centralizados. Essa visão é mantida, pois, a Ripple detém grande parte dos tokens e uma grande influência sobre seu preço.

Só para exemplificar, em 2019 a Ripple conseguiu revoltar a comunidade de criptoativos ao vender 500.000 XRP. De fato, a revolta foi tamanha que detentores do criptoativo consideraram um fork na altcoin.

Contudo, Brad Garlinghouse, CEO da Ripple discorda que seu criptoativo seja centralizado. Ademais, Garlinghouse afirmou que o XRP é mais descentralizado que o Bitcoin e o Ethereum. De acordo com o executivo, projetos que tem apenas um pequeno número de mineradores os controlando não podem ser considerados descentralizados.

Recentemente Garlinghouse decidiu atacar o Bitcoin novamente. O CEO da Ripple disse que o BTC é representado por apenas quatro mineradores na China. Em outras palavras, Garlinghouse acredita que o país asiático “controla o Blockchain do Bitcoin”.

Inegavelmente os comentários controversos de Garlinghouse causaram uma disputa entre as duas comunidades. O analista Mati Greenspan foi rápido em criticar o executivo. De acordo com Greenspan, Garlinghouse está tão nervoso que tem a necessidade de mentir. A verdade é que quatro pools de mineração controlam a rede do Bitcoin e não quatro mineradores.

Apesar de Poolin, F2Pool, BTC.com e Antpool representam mais de 50% de toda a atividade de mineração do BTC, o XRP definitivamente não é a opção para a descentralização. Seus bloqueios de tokens fazem uma pressão recorrentemente para a venda. Além disso, a Ripple bloqueia mensalmente um bilhão de XRP sem deixar claro o motivo.

De acordo com o CoinMetrics, a oferta de Bitcoin em circulação está se tornando mais distribuída. Apenas 11% do BTC é mantido nas grandes carteiras. Sendo assim, o número de usuários está crescendo, pois é a utilização de um criptoativo que contribui para sua distribuição.

Em contrapartida, o XRP tem uma concentração inacreditável de 85% de seu total nas grandes carteiras. Isso mostra que o Bitcoin ainda prevalece como uma opção de uso frente ao XRP.

Embora Brad Garlinghouse ataque o Bitcoin com o intuito de apresentar o XRP como uma alternativa mais barata, o BTC continua sendo a rede descentralizada mais confiável do mundo.

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.