Resumo semanal: Criptomoedas

0 Comentários

Fique por dentro das principais notícias do mercado de criptomoedas

 A compra de imóveis com bitcoin se tornou possível nos Estados Unidos

A aceitação do Bitcoin no mercado imobiliário dos Estados Unidos era uma questão de tempo. Ben Shaoul, presidente do Magnun Real Estate Grup, corretora de imóveis de Manhattan, bairro de Nova York, Estados Unidos, comentou que seus clientes evoluíram e que os mais jovens solicitam novas formas de pagamento. “Aceitar pagamentos com criptomoedas nos foi solicitado”, disse Shaoul. O empresário admite que com a alta oferta de imóveis, ter uma vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes é muito importante, e ele espera que o Bitcoin seja essa vantagem. Leia a matéria na íntegra (em inglês) 

Presidente do Banco Central do Brasil diz que Bitcoin é comparado ao esquema de pirâmide financeira

O presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, falou, em evento realizado nesta segunda-feira, 16 de outubro, em São Paulo, sobre os riscos das operações de Bitcoin, possibilidades de formação de bolha financeira e pirâmide, o posicionamento do governo em relação às fintechs e revolução digital. Durante o evento, Goldfajn expôs a dinâmica de valorização da moeda digital como um ativo sem lastro que atrai indivíduos pela promessa de valorização e que quanto mais pessoas compram mais o preço sobe de fato. E finalizou comentando que tal dinâmica é típica de bolha comercial. Leia a matéria na íntegra 

Gostou desta notícia? Leia o nosso Resumo Semanal da última sexta-feira 

Google está entre os maiores investidores de empresas de Blockchain

O Google é uma das corporações que mais investe em empresas de Blockchain, de acordo com relatório publicado em 17 de outubro pela CB Insights, empresa de dados de mercado norte-americana. O número total de corporações que investe em empresas de Blockchain atingiu o recorde de 91, logo atrás das 95 corporações que investem em capital de risco. Somente este ano, já são somados 42 negócios de investimento de capital realizados por corporações, totalizando US$327 milhões. Durante todo o ano de 2016, foram US$390 milhões investidos em empresas de blockchain. Leia a matéria na íntegra (em inglês)

Brasil e Argentina unem-se contra o SegWit2x

Há um mês da data prevista para ocorrer o hard fork SegWit2x, a comunidade do Bitcoin está claramente dividida sobre o assunto. Em manifesto publicado nesta última terça-feira, 17 de outubro, escrito por Fernando Ulrich, um dos maiores nomes relacionados à cripto no Brasil, são listadas 11 razões pelas quais grupos de pessoas do Brasil e da Argentina são contra a implementação do hard fork. Leia a matéria na íntegra

Austrália anuncia oficialmente que não cobrará mais impostos sobre o Bitcoin e Criptomoedas

A partir do próximo ano, os australianos não terão mais que pagar imposto sobre bens e serviços (GST) em compras com Bitcoin e Criptomoedas. Após a aprovação de uma nova legislação no parlamento do país hoje, a “dupla tributação” controversa de criptomoedas – primeiro ao comprá-lo, depois, quando compra itens sujeitos ao imposto – está finalmente chegando ao fim. A situação surgiu da lei anterior, promulgada em 2014, que tratava criptomoedas como bens trocados para propósitos de GST – legislação que rapidamente recebeu críticas de advogados de tecnologia, e no ano passado as promessas de funcionários do governo para corrigir o problema. Leia a matéria na íntegra

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.