HomeJP Morgan encontra falha na decisão de adoção do BTC de El Salvador

JP Morgan encontra falha na decisão de adoção do BTC de El Salvador

O banco de investimentos JP Morgan afirmou que a decisão de El Salvador de aprovar o Bitcoin como moeda legal pode representar um desafio para o blockchain

Num relatório da última quinta-feira, o banco de investimento JPMorgan Chase disse que a decisão de El Salvador de adotar o Bitcoin pode impactar negativamente o país e a rede Bitcoin. Observando que a maior parte dos $40 a $50 bilhões negociados diariamente é negociada entre exchanges, a equipe de análise do JPMorgan encontrou um volume inadequado de Bitcoin em circulação para facilitar uma rede frutífera e, ao mesmo tempo, atender às necessidades monetárias de El Salvador.

A equipe composta por Veronica Bustamante, Steve Palacio e Joshua Younger acrescentou que a maior parte do fornecimento de Bitcoin está bloqueado em sistemas ilíquidos, com cerca de 90% do fornecimento permanecendo inalterado por mais de um ano. Além disso, revelou que uma parte substancial pertence a carteiras de baixo giro. Eles também explicaram que apenas uma pequena fração da moeda negociada indica pagamentos para a atividade econômica, como pagamentos de comerciantes.

O relatório constatou que usar o crypto ativo como moeda legal não seria ideal considerando a iliquidez do Bitcoin e os valores envolvidos nas atividades de pagamento diário no país centro-americano.

“A atividade de pagamento diário em El Salvador representa cerca de 4% do volume de transações recentes na rede e mais de 1% do valor total dos tokens que foram transferidos entre carteiras no ano passado”, indicou o relatório.

O JPMorgan fez referência a uma pesquisa conduzida pela Câmara de Indústria e Comércio de El Salvador, que mostrou que, para as despesas diárias, a maioria dos salvadorenhos prefere converter a criptomoeda recebida em dólares antes de usar. O estudo indicou ainda que nove em cada dez consumidores prefeririam o dólar, citando preocupações com a volatilidade e conhecimento inadequado sobre Bitcoin.

A decisão do presidente Bukele de concordar com o Bitcoin como moeda legal gerou reações mistas de vários setores. O presidente argumentou que a medida remediaria o debilitado sistema bancário do país e ajudaria a reduzir os custos de envio de remessas. No entanto, as baixas taxas de aceitação do Bitcoin, desde então, levaram o presidente Nayib Bukele a oferecer uma recompensa de $30 a todos os salvadorenhos que se cadastrarem para uma carteira digital por meio do aplicativo de criptomoeda do governo.

Por outro lado, muitas entidades no espaço cripto não apreciaram a mudança, argumentando que, embora o Bitcoin sirva como uma boa reserva de valor, não é um sistema de pagamento tão bom. William Quigley, o cofundador da Tether, recentemente definiu o BTC, o pior método de pagamento já inventado.

Etiquetas:
Aceita clientes dos EUA
Plataforma premiada de negociação de criptomoedas
Grande variedade de ativos de criptografia
Abra sua conta agora!

Usamos cookies para personalizar conteúdos e anúncios, fornecer recursos de mídia social e oferecer a você uma experiência melhor. Ao continuar navegando no site, ou clicando em "OK, obrigado", você aceita o uso de cookies.