HomeHTC lança o seu novo “criptophone”

HTC lança o seu novo “criptophone”

A empresa de tecnologia HTC introduziu um novo “criptophone” no mercado, destacando como esse é o primeiro smartphone a suportar a execução de um nó Bitcoin completo.

O Exodus 1S é um dispositivo de armazenamento seguro para lidar com pagamentos de criptomoedas, que também oferece recursos completos encontrados em um smartphone.

O interessante é que o celular é considerado como um modelo de entrada (pelo menos no mercado estrangeiro). Inicialmente a HTC havia lançado outro celular com tecnologia de blockchain, só que bem mais caro do que a atual versão.

Após a Samsung anunciar um celular com tecnologia similar, a HTC teve que repensar o seu conceito, apostando então em um celular moderno, mas com um preço mais acessível.

A ideia, claro, é atrair os usuários que negociam Bitcoin e outras criptomoedas regularmente.

Este poderia ser o primeiro smartphone a tornar o Bitcoin totalmente móvel. Os fabricantes da HTC pegaram o modelo Exodus 1 (modelo antigo da marca) e realizaram uma reforma completa para o uso com criptomoedas. O processador Qualcomm Snapdragon 435 suporta a operação do nó Bitcoin, transformando o dispositivo em uma carteira de criptomoeda portátil que pode lidar com transações e armazenamento de criptomoedas.

Os usuários podem confirmar e validar transações de Bitcoin diretamente do seu 1S. O telefone é ideal para receber pagamentos em Bitcoin e para armazenar suas moedas em um local seguro, que somente o usuário pode acessar. Ou seja, o Exodus 1S funciona como uma carteira completa de criptomoedas.

 

Como comprar Ethereum no Brasil

 

O Bitcoin se tornou cada vez mais popular como uma forma alternativa de moeda, principalmente como forma de investimento após a grande alta de 2017. As transações de Bitcoin não são centralizadas, e são registradas em uma ledger pública na blockchain do Bitcoin.

Enquanto a blockchain não pode ser hackeada, as carteiras apresentam alguns riscos de segurança – e não há nenhum tipo de seguro para as moedas roubadas.

O Exodus 1S visa preencher essa lacuna de segurança com vários recursos de proteção. Todas as chaves de segurança são protegidas pelo Trusted Execution Environment, que isola o sistema operacional da conexão de rede enquanto as transações são validadas.

Essa tecnologia anti-hack oferece ainda mais proteção do que um PC, suspendendo qualquer conexão que poderia ser alvo de criminosos.

O 1S não apenas suporta Bitcoin e fornece armazenamento seguro, mas também é um smartphone com recursos suficientes para o uso diário e até mesmo profissional. Com uma tela de 5,7 polegadas e uma câmera de 13 MP, além de 64 GB de armazenamento interno, o smartphone não compromete a sua funcionalidade.

Ele roda no sistema operacional Android Oreo 8.1, com 4 GB de RAM nativa.

Este é certamente um dispositivo ambicioso e o primeiro de seu tipo – o que significa que ainda existem algumas falhas a serem resolvidas. O poderoso processador esgota rapidamente a bateria ao lidar com transações de Bitcoin. Portanto, o fabricante recomenda conectar o telefone ao carregador USB para evitar perda de energia.

Além disso, o processo pode afetar o plano de dados, por isso os usuários devem usar conexões Wifi em vez de do 4G – mesmo com uma VPN instalada. A tecnologia de segurança manterá as transações Wifi seguras e protegidas.

Esse é um celular de entrada, porém, está disponível apenas no mercado europeu por enquanto, sem previsões de chegar ao Brasil. Caso ele apareça por aqui, é bem provável que vá perder a classificação de celular de entrada.

Veja também: Ripple supera Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Bitcoin Cash

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.