HomeHashrate de Ethereum atinge um novo recorde de 250 TH/s

Hashrate de Ethereum atinge um novo recorde de 250 TH/s

outubro 7, 2020 By Benson Toti

A taxa de hash na rede Ethereum aumentou 80% desde janeiro, superando as máximas anteriores, estabelecidas em agosto de 2018

A quantidade de poder computacional necessária para processar transações e proteger a rede Ethereum atingiu um novo pico.

No momento em que escrevo, a taxa de hash da rede é de mais de 250 terahashes por segundo, um novo recorde para o blockchain que abriga a segunda maior criptomoeda.

De acordo com dados da Glassnode os 252 TH/s, alcançados em 6 de outubro, é o maior que a rede já viu em mais de dois anos. A última vez que o poder computacional do Ethereum quebrou os níveis próximos ao atual, foi em agosto de 2018. Na época, o poder computacional geral do Ethereum aumentou para 246 TH/s.

Em 2020, a taxa de hash aumentou em mais de 80%, acima dos mínimos de 139 TH/s no início de janeiro.

Glassnode indicou que o aumento da taxa de hash do Ethereum é provavelmente um produto do aumento da atividade e da volatilidade registrada nos principais indicadores.

Entre as métricas, o Glassnode destaca o megaboom testemunhado no espaço DeFi, como a causa provável do aumento das necessidades de energia computacional. Conforme destacado anteriormente, o Ethereum tem registrado um aumento nas taxas do gás, contribuído pelo aumento da atividade ligada aos protocolos financeiros descentralizados baseados no Ethereum.

Gráfico de hashrate Ethereum. Fonte: Glassnode

Em agosto e setembro, o aumento da atividade no espaço DeFi, impulsionado pela mania da yield farming, ajudou a empurrar as taxas de transação para novos máximos históricos. Esse foi o caso, pois os mineradores da rede Ethereum ganharam mais de $ 166 milhões em receitas provenientes de taxas de transação em setembro.

Em comparação, os mineradores da maior rede de criptomoeda – Bitcoin – ganharam muito menos com as taxas de transação no mesmo período. De acordo com a Glassnode, os mineradores de Bitcoin arrecadaram insignificantes $ 26 milhões ao longo do mês – claramente menos do que seus colegas.

Da mesma forma, a receita dos mineradores Ethereum é quase três vezes maior do que a da mineração para a rede Bitcoin. Conforme observado pela empresa de mineração F2Pool, a lucratividade para os mineradores de Bitcoin em 24 horas é de cerca de $ 4,33, enquanto sobe para $ 15,00 para os mineradores de ETH.

Ação de preço ETH/USD em 2020. Fonte: TradingView

No mercado, os preços do Ether não conseguiram subir acima de $ 400 desde que caíram abaixo deste nível em 4 de setembro. No momento em que escrevo, o par de moedas ETH/USD está sendo negociado em torno de $ 340, com uma queda de cerca de 3% nas últimas 24 horas.