HomeGolpista pode ser condenado a mais de 100 anos por fraude com criptos

Golpista pode ser condenado a mais de 100 anos por fraude com criptos

Cada vez mais os golpes com criptomoedas ficam mais comuns, consequentemente, cada vez mais as prisões de criminosos desse tipo também ficam mais comuns. Um caso recente, e curioso pelo tamanho da possível pena, é o de um irlandês que foi preso e pode ser condenado a mais 100 anos de prisão nos EUA por ter roubado cerca de $2 milhões de dólares em Bitcoins e outras criptomoedas.

Segundo alguns tabloides, um jovem chamado Conor Freeman, foi preso em sua casa em Dublin por um processo que está sendo julgado por uma corte de Michigan, nos EUA.

A prisão de Freeman foi decretada por uma acusação de conspiração para cometer fraude, quatro acusações de auxiliar e instigar fraude e mais quatro acusações de auxiliar instigar roubo de identidade com agravante.

Se ele for condenado na corte norte-americana, Conor Freeman poderá ter uma sentença de até 108 anos de cadeia.

Autoridades norte-americanas alegam que membros de um grupo online, que se denominavam “A Comunidade”, conspiraram para “hackear vários alvos” com o objetivo de roubar Bitcoin e outras criptomoedas, entre fevereiro e maio de 2018. Com exceção de Conor, os outros membros da “Comunidade” são residentes dos EUA.

De acordo com um mandado emitido pelo Departamento de Justiça dos EUA, as autoridades identificaram quatro ataques em que Freeman supostamente participou e que resultou no roubo de $2.187.977 de dólares em criptomoedas.

As autoridades dos EUA afirmam que planejaram prender Freeman e outros sete no dia 9, quinta-feira. Eles pediram que Freeman fosse preso pela Gardaí (Polícia Civil da Irlanda) na mesma data que seus supostos colegas de crime, porque, uma vez que soubesse das prisões dos outros suspeitos, ele poderia destruir provas e potencialmente fugiria, de acordo com o mandado.

O sargento Jim Kirwan, da unidade de extradição, disse à Suprema Corte na quinta-feira que prendeu Conor Freeman em seu endereço em Dun Laoghaire por volta das 8h da manhã de 9 de maio de 2019, usando o mandado expedido pela justiça americana.

Quando perguntado se ele sabia sobre as acusações, o suspeito disse “Eu sei”, de acordo com Sargento Kirwan.

Veja também: Nova solicitação de ETF Bitcoin inclui Ethereum

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.