HomeGoldman Sachs avalia Bitcoin em meio a um aumento no interesse do cliente

Goldman Sachs avalia Bitcoin em meio a um aumento no interesse do cliente

O presidente e diretor de operações do Goldman Sachs notou um aumento no interesse em Bitcoin por parte dos clientes do banco

A incursão do banco de investimento no setor de criptomoeda está gradualmente se tornando uma questão de quando e não se. É o que afirma o presidente do banco multinacional, John Waldron. Waldron reconheceu a tendência de alta no interesse do cliente em relação ao Bitcoin ontem, em um evento virtual afirmando que o banco ainda estava estudando o ativo crypto.

“A demanda do cliente está aumentando. Somos regulamentados sobre o que podemos fazer. Continuamos a avaliar e nos engajar nisso”, disse ele durante o Wolfe Virtual FinTech Forum.

O desenvolvimento vem após uma pesquisa com clientes sobre ativos digitais feita pelo banco, que revelou que 40% dos participantes ricos da pesquisa têm exposição a ativos digitais. 54% dos entrevistados previram ainda que o preço do BTC poderia oscilar entre $40.000 e $100.000.

Em sua opinião, a pandemia é responsável pelo interesse pela criptomoeda líder. Muitos comerciantes de varejo entraram no mercado de Bitcoin em 2020 devido às restrições impostas relacionadas à pandemia que limitavam o movimento.

“A pandemia foi um acelerador significativo”, disse o presidente do banco. “Não há dúvida de que haverá mais comércio digital e (uso de) dinheiro digital.”

O ativo de criptomoeda se recuperou de forma impressionante no final do ano passado, superando o recorde anterior de 2017. O Bitcoin manteve o curso nos primeiros dois meses deste ano, alcançando um recorde acima de $58.000 na terceira semana de fevereiro.

Waldron, de acordo com um artigo da Reuters, afirmou que embora o banco possa fornecer serviços de custódia para ativos digitais, ele “não pode controlá-los”. No início da semana passada, o banco de investimento anunciou a retomada de sua mesa de negociação de criptomoedas como resultado da recente atividade positiva no ecossistema bitcoin.

Além disso, o banco revelou que iria começar a negociar contratos futuros de bitcoin e non-delivery forwards nesta semana. O Goldman Sachs explicou que a mudança ajudaria o banco a ficar a par do setor de ativos digitais em rápido crescimento.

O relatório da Reuters também detalhou que o banco está em negociações com o Federal Reserve e os reguladores sobre como ele (e outros bancos) podem lidar com ativos digitais. As regulamentações em torno do setor de criptomoeda nos Estados Unidos permanecem obscuras, mesmo com os líderes da indústria e outros membros da comunidade de criptomoeda pedindo mais clareza. Uma preocupação frequente até agora é se alguém pode manter a custódia de ativos digitais de acordo com as leis de títulos federais ou se isso não é permitido.

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.