HomeForbes: CoinMarketCap continua com dados falsos

Forbes: CoinMarketCap continua com dados falsos

outubro 8, 2019 By Soraia Barbosa

Um relatório recente divulgado pela Bitwise expôs como os volumes de negociação relatados e as capitalizações de mercado em várias exchanges de criptomoedas eram falsos.

De acordo com o Hackernoon, essa situação não mudou em nada.

O CoinMarketCap, mencionado em grande parte no relatório, é a referência de escolha para a maioria das pessoas que procuram entrar ou participar ativamente do mercado de criptomoedas. Muito usado por veículos que observam o valor dos principais ativos digitais.

O CoinMarketCap chegou a responder diretamente ao relatório confirmando que, de fato, alguns dos dados hospedados em sua plataforma eram imprecisos.

No entanto, parece que o CoinMarketCap não está sendo 100% verdadeiro sobre suas imprecisões de dados.

Em uma reportagem da Forbes, o CoinMarketCap parece ter feito muito pouco, ou quase nada, em relação aos erros em sua plataforma, mesmo após o relatório da Bitwise.

Agora, vários projetos pequenos estão acusando a plataforma de prejudicar deliberadamente projetos menores enquanto relatam incorretamente os resultados de projetos maiores.

O CoinMarketCap está relatando dados falsos em uma quantidade preocupante.

O relatório da Bitwise focou nas imprecisões na negociação de Bitcoin. No entanto, o relatório também destacou como o mesmo poderia ser feito com outras criptomoedas.

O Coindesk relatou que, por meros US$15.000, um token pode acabar sendo listado no CoinMarketCap.

Por meio de aplicativos como Gotbit, os volumes de negociação podem ser facilmente inflados, levando a resultados imprecisos sendo publicados nas corretoras de criptomoeas.

As corretoras estão cientes de tais práticas no mercado; no entanto, eles optam por não fazer nada como visto no caso do CoinMarketCap.

A Gotbit não é a única plataforma praticando manipulação de mercado. Há muitos outros que estão calados sobre sua influência silenciosa nos volumes falsos de negociação.

Era de se imaginar que, sabendo disso, o CoinMarketCap adotaria medidas para obter os dados corretos. Porém, as operações não mudaram em nada na plataforma de capitalização de mercado. Dados errôneos ainda estão sendo distribuídos.

E quem sai prejudicado?

O problema com os esquemas de pump e dump aceitos pelo CoinMarketCap, além de a prática ser totalmente antiética, é o fato de que sempre acaba prejudicando criptomoedas genuínas que estão subindo por mérito próprio.

Por exemplo, no caso do MXC, um token de IoT com sede em Berlim, Alemanha. A plataforma desbloqueou recentemente tokens de investidores, o que significa que os tokens iniciais comprados durante vendas privadas poderiam agora ser vendidos.

O MXC também ofereceu um desbloqueio antecipado para alguns participantes de vendas particulares em troca de uma queima de 20%.

Esses movimentos provavelmente melhorariam a capacidade de mercado do MXC, o que aumentaria sua posição nos rankings do CoinMarketCap.

No entanto, devido a atualizações lentas e um claro desrespeito às práticas éticas de mercado, o MXC ainda está classificado com um valor de mercado de US$2,6 milhões. Já o CoinStats classifica o MXC com um valor de mercado de US$4,6 milhões.

Confira algumas opções para dados do mercado com mais precisão de informações!

Veja também: Emirados Árabes Unidos lança concurso Blockchain por U$16.000

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags: