HomePor que precisamos do Bitcoin? Os bancos e seus crimes

Por que precisamos do Bitcoin? Os bancos e seus crimes

outubro 8, 2019 By Matheus Henrique

Por que precisamos do Bitcoin? Essa é uma pergunta importante e que estamos tentando responder na nossa série sobre a importância do Bitcoin, adaptados do site Crypto Briefing.

Recentemente estávamos falando sobre o Banco contra o Povo. Hoje vamos falar sobre as atividades negativas em que os bancos já se envolveram.

Novamente, embora os bancos devam ser livres para lucrar com atividades legítimas, essa liberdade não os isenta de atos de fraude, conluio e lavagem de dinheiro. Sem entrar em uma lista abrangente, aqui estão apenas alguns casos recentes de ocasiões em que os bancos foram pegos praticando atividades criminosas:

  • O Wells Fargo foi multado por abusos de várias contas, roubando fundos de seus próprios clientes em uma série de golpes, desde fraudes de seguros e hipotecas até a criação de contas falsas e, em seguida, cobrando taxas pelos clientes pelas contas criadas.     
  • O HSBC foi flagrado lavando dinheiro para cartéis de drogas mexicanos e colombianos, atuando essencialmente como cúmplice em crimes de larga escala, dependência de drogas e assassinatos. A Netflix tem um documentário sobre isso.
  • O JPMorgan Chase foi multado por corrupção e comportamento fraudulento várias vezes, principalmente por seu envolvimento no esquema Ponzi de Bernie Madoff. Ainda mais frustrante é que as multas nesse caso, foram pagas com uma fração do dinheiro que eles conseguiram em atividades fraudulentas.
  • O Bank of America foi socorrido pelos contribuintes após cometer fraude contra investidores, proprietários de casas e outros clientes.
  • O Citigroup, o Goldman Sachs e outros bancos também estão envolvidos em ações criminais.

E esses são apenas exemplos das vezes em que esses criminosos foram pegos!

Os bancos pagaram bilhões e bilhões de dólares em multas, mas o custo de cometer esses crimes é superado em massa pelo lucro de continuar a aceitar multas como um custo para fazer negócios.

Nesses casos, multar não é uma solução satisfatória. Os bancos controlam grande parde das empresas e até mesmo alas do governo, através de um lobby pesado, realizado em todo o mundo.

O poder centralizado nos bancos acaba sempre beneficiando que eles consigam estar à frente de qualquer punição que realmente tenha algum impacto.

No fim, quem acaba perdendo dinheiro é sempre o elo mais fraco, o consumidor. Por isso, com o Bitcoin, temos de volta o poder à população.

Veja também: Criptomoedas perto da regularização na União Europeia

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

 

Tags: