DigiDollar: Fundador da DigiByte anuncia nova Stablecoin descentralizada

0 Comentários

logo da criptomoeda digibyte

O fundador da criptomoeda DigiByte, Jared Tate, diz que eles estão trabalhando em uma nova stablecoin baseada no dólar e será lançada na rede DigiByte.

Segundo o fundador da Digibyte as outras stablecoins no mercado, como Tether ( USDT ) ou USD Coin ( USDC ), entre outras, são lançadas em ‘redes centralizadas muito inseguras’.

Ele afirma que as moedas estáveis são totalmente controladas por uma empresa, cuja única garantia que eles prometem é “apoiar” essas moedas com dinheiro em uma conta bancária que pode ser auditada. Mas, aqueles que usam esse tipo de criptomoeda precisam confiar nessas empresas.

A nova stablecoin é uma interessante proposta para o mercado de criptomoedas. A solução proposta pelo fundador da DigiByte é criar um novo sistema descentralizado no qual os usuários farão o backup de seus próprios DigiDollars em tempo real com suas próprias contas bancárias. Essa solução elimina completamente a necessidade de confiar em entidades centralizadas.

Os usuários poderão vincular um ‘DigiDollar’ em tempo real a uma carteira ou conta bancária específica de criptomoeda usando um contrato inteligente e uma API que confirme os verdadeiros saldos da conta.

O fundador da DigiByte, declarou que as atuais stablecoins recebem muitas críticas, pois se o objetivo é abandonar as moedas fiduciárias e usar ativos digitais, uma stablecoin não é uma boa opção, para ele essa nova stablecoin ajudará a atrair mais pessoas para todo o mercado.

Um problema que pode se enfrentado por quem pretende usar a nova stablecoin da DigiByte, é que os bancos podem bloquear o acesso da API a indivíduos que usam criptomoedas.

Existem muitas dúvidas sobre como toda a rede vai funcionar e como essa nova stablecoin pode ser 100% eficiente. Mas, não se pode negar que é muito positivo ter uma nova stablecoin descentralizada no mercado de criptomoedas.

DigiByte é retirada da lista de negociações da Poloniex

A Poloniex anunciou planos de retirar a DigiByte da sua lista de negociação. A notícia por si só não é tão curiosa, porém, a decisão foi tomada após uma discussão pública no Twitter entre o fundador da DGB Jared Tate e um dos novos proprietários da exchange, o sempre controverso Justin Sun.

Tate criticou a TRON, no twitter:

Vale mencionar que o caso entre a Tron e a Poloniex é um pouco complicada. Inicialmente, a Poloniex, que fazia parte do Grupo Circle, ganhou “investidores misteriosos” da China.

Fontes internas afirmaram que um dos investidores eram Justin Sun, que negou tudo na época. Porém, pouco tempo depois ele assumiu que era sim um dos investidores misteriosos da exchange.

Desde então, paira uma grande sombra de desconfiança, para alguns a influência de Sun na exchange vai muito além de apenas investir.

Clique aqui para ler as previsões para o mercado de criptomoedas em 2020

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.