Veja como obter empréstimos DeFi mesmo sem ter garantias

2s Comentários

Aave (nome finlandês para fantasma) Protocol é uma plataforma de empréstimos sem garantia lançada no mainet Ethereum. Além de oferecer suporte para 16 criptoativos, 5 dos quais são stablecoins, ela faz integração com a Chainlink, fornecedora da Oracle.

A plataforma da Aave oferece uma forma de empréstimo diferenciada. Além de serem instantâneos, não precisam de garantias. A exigência é que a liquidez seja devolvida ao pool antes do término da transação.

Em caso de inadimplência, a transação é revertida para desfazer as ações executadas até aquele momento. Isso garante a segurança dos fundos no conjunto de reservas.

Os depósitos na plataforma são tokenizados como aTokens que acumulam juros em tempo real. Diferentemente dos tokens de interesse disponíveis no mercado, que são definidos por uma taxa de câmbio, o aToken é atrelado a 1:1 ao valor dos ativos subjacentes. Ou seja, aumentam o saldo e não o valor. Isso traz para o mercado um modelo inovador de tokenização.

Os usuários também podem utilizar intercurso de troca de taxa para alterar entre taxas estáveis e variáveis. Para essas questões a startup ressalta que há a necessidade de algum conhecimento técnico.

Os empréstimos de taxa estável se comportam como os de taxa fixa no curto prazo. Contudo, podem ser reequilibrados para responder às mudanças nas condições do mercado. O objetivo é proteger os mutuários da volatilidade das taxas de juros variáveis.

Com os empréstimos perpétuos os usuários podem definir sua duração. Com isso, ganham a “liberdade de obter liquidez de seus depósitos sem qualquer duração ou cronograma de pagamento”.

As taxas cobradas no empréstimo são divididas entre os credores (70%) e o protocolo (30%). No geral, a taxa cobrada é de 0,025%. Somente os empréstimos instantâneos sofrem uma alteração no valor a ser pago com uma taxa de 0,35%.

A parceria da Aave com a Chainlink garante aos usuários uma liberdade maior, pois não precisarão confiar na plataforma de empréstimos para obter os feeds de preços off-chain.

A colaboração entre as empresas, torna a Aave o primeiro protocolo de concessão a usar dados off-chain para calcular as taxas de empréstimos.

Além do mais, os detentores do token da Chainlink, LINK, podem usá-lo no Aave Protocol como garantia e ganhar juros com ele.

“Vemos o futuro do DeFi [Finanças Descentralizadas] como estritamente conectado à capacidade de trazer comunicação entre cadeias e ativos da realidade para o Ethereum, e é essa a direção que queremos seguir com nossa colaboração com a Chainlink”, disse Emilio Frangella, Engenheiro de Software da Aave.

Frangella ainda garantiu que a integração com a Chainlink trouxe uma redução de tempo de comercialização e uma garantia maior de integridade, descentralização e segurança de dados para seu protocolo.

A startup garante que o protocolo foi construído tendo a descentralização como base. Aave pretende dar o poder de decisão para os usuários, em especial os detentores do token LEND.

Quando o sistema de governança sair da fase de testes e for liberado, os detentores do LEND poderão votar em atualizações de contratos inteligentes e alterações de configuração.

Frangella acredita que o movimento DeFi deve continuar a contar com outros canais de interoperabilidade para continuar melhorando. Somente nos últimos 12 meses houve um crescimento de 130% e US$700 milhões bloqueados em aplicativos DeFi.

 

Clique aqui para ler: Empresa anuncia stablecoin lastreada em sardinhas

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.