Empresa anuncia stablecoin lastreada em sardinhas

0 Comentários

Você sabe o que é uma stablecoin, não é mesmo? Essas são criptomoedas com lastro de 1:1 um algum outro ativo. A Tether é um stablecoin com lastro de 1:1 com o dólar. Já foram feitas moedas com lastro em ouro, diamante, no próprio Bitcoin e agora foi apresentado ao mercado uma ideia diferente: uma criptomoeda com lastro em sardinhas.

Pois é, apesar de ser algo bem inusitado, a ideia é verdadeira, pelo menos é o que tudo indica. A companhia chamada MY Sardines, com sede em Luxemburgo, anunciou o desenvolvimento de uma criptomoeda que vai ser lastreada totalmente em sardinhas vintage.

Inicialmente todo mundo desconfiou que a mais recente ICO era na verdade uma grande piada ou talvez até mesmo um golpe.

Entre os sinais mais fortes de que algo estava errado está o fato de que a moeda tem um White Paper com bastante informações vagas e que não explica certos pontos fundamentais sobre o processo de audição do estoque de sardinhas.

Para completar, os sinais de que algo não estava certo eram o fato de que a ICO vai acontecer do dia 8 de janeiro de 2020 até o dia 1º de abril, que para quem não se lembra, é conhecido como o dia mundial da mentira.

Esses detalhes, junto do absurdo do ativo lastreado, fizeram com que muita gente acreditasse que não se passava de uma pegadinha. A My Sardines tinha até mesmo anunciado que teria um estande para anunciar a novidade na CES 2020, a maior feira de tecnologia do mundo que acontece em Las Vegas.

 

Guia completo para comprar EOS no Brasil

 

O pessoal da CoinDesk foi verificar se as sardinhas estavam por lá e, surpreendentemente, a equipe encontrou um estande da MY Sardines expondo as latas de sardinhas que serão o lastro das criptomoedas, comprovando que o projeto é real.

Em entrevista, a cofundadora e CEO da empresa, Charlotte Ripetti, afirmou que “Esse é um investimento e que é realmente seguro. Não existe especulação, nós temos as sardinhas no nosso estoque e vamos criar a moeda baseada nesse estoque.”

A empresa disse estar trabalhando com uma distribuidora francesa chamada Pearl of The Gods, que vai fornecer as sardinhas. No dia 1 de setembro desse ano vão ser criados e distribuídos os tokens na rede Ethereum e logo depois os investidores poderão trocar os tokens por latas de sardinha na proporção de 1 para 1.

De acordo com o White Paper, os investidores não poderão trocar os tokens por dinheiro direto com a empresa. Mas nada impede eles de venderem as moedas para outras pessoas.

Veja também: Cobinhood congela conta de todos os seus clientes

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.