HomeMercado C2C da OKEx vai acrescentar XRP e BCH

Mercado C2C da OKEx vai acrescentar XRP e BCH

fevereiro 23, 2019 By Soraia Barbosa

A OKEx, maior exchange do mundo por valor ajustado segundo o CoinMarketCap, anunciou que vai acrescentar suporte para o XRP e Bitcoin Cash (BCH) no seu mercado de C2C (Cliente para cliente). Esse mercado permite que os usuários possam comprar e vender ativos digitais entre si. O mercado atualmente tem suporte para as moedas fiduciárias: Libra Esterlina, Renminbi chinês, Dong vietnamita, Rublo russo e o Baht tailandês.

Além de listar o XRP e o BCH no mercado, a OKEX também vai deixar de dar suporte para o QTUM (QTUM), NEO (NEO) e Exchange Union (XUC) a partir de segunda que feira, 25. Não houve nenhuma explicação sobre o motivo do fim do suporte para essas moedas. Os negociadores foram recomendados a cancelar todas a ordens abertas com esses pares para evitar inconvenientes.

O XRP e o Bitcoin Cash vão fazer parte do mercado C2C da OKEx junto com mais quatro ativos digitais, são eles: Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Tether (USDT) e Litecoin (LTC). Essas moedas estão todas pareadas com as fiduciárias que citamos anteriormente.

A plataforma de negociação C2C da exchange oferece uma forma acessível e conveniente para o público negociar ativos digitais usando moedas fiduciárias locais. De acordo cm a OKEx, os usuários podem colocar ordens com cotação em exchanges selecionadas, sem a necessidade de pagar taxas de transação.

A transação é feita da seguinte maneira:

Para comprar o usuário tem que pagar de acordo com os meios disponíveis, depois selecionar a opção “Já paguei”. Assim que o vendedor confirmar que recebeu o pagamento, ele envia as criptomoedas.

Para vender, o usuário lista suas criptomoedas e o valor de acordo com a cotação de preferência e espera um pagamento. O interessante é que a OKEx pede para que os usuários “confirmem no banco que recebeu o pagamento” antes de entregar a moeda.

Ou seja, no final de tudo, a plataforma C2C da OKEx não é muito diferente das operações P2P realizadas no mercado, apesar de trazer algumas vantagens e facilidades.

Veja a opinião do CEO da Pantera Capital sobre a situação do Bitcoin!

Tags: