HomeBitcoin valorizou 114% desde dezembro de 2018

Bitcoin valorizou 114% desde dezembro de 2018

bolsa com moeda dourada de bitcoin

O BTC atingiu mínimos perto de US$3.200 em 15 de dezembro de 2018, após uma longa queda desde os preços de pico no final de 2017. Exatamente um ano depois, o preço do Bitcoin está em condições muito melhores, como nota o site Bitcoinist.

O preço do Bitcoin permanece imprevisível e enfraqueceu ainda mais neste domingo. O ativo caiu duas vezes abaixo de US$7.100, mas mesmo com esse preço, os ganhos ano a ano variam perto de 114%. E a principal diferença no desempenho do BTC está na história dos volumes.

O Bitcoin quase estagnou, retornando a volumes abaixo de US$4 bilhões por dia em dezembro do ano passado e janeiro desse ano.

Mas depois de abril, as negociações com o BTC aumentaram e não houve um período significativamente lento depois. Desde julho, os volumes de negociação têm sido consistentemente próximos ou acima de US$10 bilhões por dia.

Mesmo após a desaceleração de dezembro e a queda dos preços, as negociações atingiram US$17 bilhões por dia nos mercados à vista.

Somado a isso estão os principais mercados de contratos futuros da CME e da Bakkt, além de volumes não reportados de trocas inovadoras de cripto-para-cripto.

Mas o dado mais interessante é justamente a atividade vista na blockchain. O Bitcoin marcou recordes impressionantes em 2019, incluindo a transferência de mais de US$8,9 bilhões em valor em apenas três blocos. A mineração também explodiu após o fim do mercado de urso, atingindo níveis reportados em 120 quintilhões de hashes por segundo.

Uma das previsões que o Bitcoin não cumpriu foi um domínio de 90% do valor de mercado. Ainda assim, o BTC ocupa mais de 66% de todo o valor de mercado do setor de criptomoedas. Isso não se deve à fraqueza do Bitcoin, mas aos altcoins que se estabelecem com fontes separadas de liquidez.

 

Preço do Ethereum Hoje

 

Desta vez, o BTC apenas rescindiu seu domínio a um punhado dos principais altcoins, deixando pequenos ativos especulativos em dificuldades.

Em dezembro do ano passado, o preço do Bitcoin parecia estar no modo de capitulação total, pois todos os marcadores da rede caíram significativamente. Mas, ao longo de 2019, os mercados de criptomoedas passaram por um renascimento significativo.

Curiosamente, em 16 de dezembro de 2018, o índice de medo e ganância do Bitcoin estava em 13 pontos, sinalizando medo extremo. Agora, os comerciantes ainda estão enfrentando “medo extremo”, com um índice de 21 pontos. Mas a partir de US$3.200, o preço do bitcoin acabou sendo capaz de atingir máximos anuais acima de US$13.800.

No final de 2019, espera-se que o bitcoin tenha outra queda de preço no curto prazo, com baixos possíveis em US$6.500. Mas a moeda principal é a prova viva de que a capitulação não é um cenário provável, e o BTC promete uma vantagem significativa.

Provavelmente, em dezembro de 2020 a moeda poderá estar em um momento de baixa. Mas assim como do ano passado para o atual, o seu retorno pode ser de mais de 100%.

Essas dados apenas mostram que o Bitcoin está cada vez mais forte, principalmente após ter passado pelo período de bolha.

Veja também: Principais nomes do setor de blockchain têm tendência a depressão

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.