HomeBitcoin alcançará US$20.000 em 2020 segundo Blockchain Capital

Bitcoin alcançará US$20.000 em 2020 segundo Blockchain Capital

A empresa de capital de risco, Blockchain Capital, lançou um relatório otimista onde aponta que em 2020 o Bitcoin continuará líder de mercado e alcançará a sua alta histórica de US$20.000. Segundo o relatório, isso trará grandes alterações nos preços das altcoins. O principal argumento para o preço crescente do BTC é o halving que acontecerá no próximo ano.

“Embora o halving seja bem conhecido com antecedência e, teoricamente, deva ser precificado, o corte anterior teve impacto significativo no preço entre o primeiro e o segundo halving”.

O relatório relembrou que nos cortes passados o preço do Bitcoin aumentou 55 vezes entre o segundo e o terceiro halving.

Entretanto, o documento não trouxe apenas boas notícias. Um dos problemas que o Bitcoin enfrenta há um bom tempo é o valor de suas taxas e isso não passou despercebido na apresentação da Blockchain Capital.

Na descrição da empresa foi informado que o custo de uma transação, durante um pico muito alto, pode quase dobrar em relação a 2017. Na última ATH do Bitcoin uma transferência chegou a custar US$55. Em 2020 o custo das transações chegará a US$100.

A Blockchain Capital fez um apontamento que o DeFi (finanças descentralizadas), subirá em popularidade em 2020, já que foi o principal tema de 2019 com mais de US$600 milhões em ETH bloqueados em contratos inteligentes.

A explosão do DeFi e uma adoção maior dos criptoativos fará com que as altcoins, principalmente o Ethereum que conseguiu manter sua posição como a principal plataforma de contratos inteligentes, tenham uma alta significativa. Para essa categoria a aposta do Blockchain Capital é um alcance de US$5 bilhões em valor bloqueado.

Em relação as stablecoins, o relatório aponta que o Tether continuará sendo o grande campeão durante 2020. A ressalva será se um país lançar seu próprio CBDC. Isso poderia afetar diretamente todo o mercado de stablecoins.

Ainda nas stablecoins, o USDC, criptoativo estável da Coinbase, terá um crescimento de 300% medido pelo valor da transação, emissão, valor de mercado e volume de negócios.

Um apontamento que não agrada aos fãs da privacidade é o fim de criptomoedas como Zcash e Monero. O relatório prevê que com uma regulação mais pesada em cima dos criptoativos, moedas digitais com foco no animato podem ficar fora das principais exchanges.

De todas as previsões compartilhadas pela equipe da Blockchain Capital, o preço do Bitcoin após o halving é com certeza o assunto que mais interessa aos investidores.

Desde 2017 que o BTC vem passando por um período difícil. Somente em 2018 o principal criptoativo do mercado perdeu 80% de seu valor. Uma recuperação foi vista em abril de 2019 quando o Bitcoin atingiu US$13.500, mas esse aumento não durou muito e hoje o BTC luta para se manter na casa dos US$7 mil.

Com o cenário atual a previsão desse relatório mais recente parece algo difícil. O que torna as metas de alguns analistas de US$50.000 por Bitcoin no próximo ano algo tanto improvável.

 

Clique aqui para ler: Robinhood é multada por roteamento ineficaz de ordens

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags:

Assine hoje nosso boletim informativo exclusivo !

Emails personalizados

Sem SPAM

Alt coin news

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Veja a nossa política de privacidade aqui.