Atrasos na Binance prejudicam investidores da moeda Chiliz

0 Comentários

O Barcelona FC é um dos principais times de futebol do mundo e um dos mais famosos. Para aumentar o engajamento com os seus torcedores, o clube anunciou uma parceria com o projeto Chiliz para criar uma criptomoeda específica para os fãs do time.

Geralmente essas moedas não podem ser negociadas e trocadas como acontece com as criptomoedas já tradicionais no mercado. No caso do BAR, teremos um FTO (Fan Token Offering) ainda em 2020, com cada token valendo 2 euros. Com isso em mente, é possível que o BAR tenha propriedades mais parecidas com outras criptomoedas, como o Bitcoin e Ethereum, podendo até ser usado como moeda de troca, mas essa informação ainda não é clara.

Um total de 40 milhões de tokens serão vendidos e a venda vai acontecer por volta do segundo trimestre de 2020. No entanto, para comprar os tokens BAR, os torcedores primeiro terão que comprar o token CHZ, que é a moeda digital do Socios, o aplicativo móvel da Chiliz.

E sem surpresa, o anúncio da parceria com o Barcelona fez com que o Chiliz tivesse uma valorização considerável no seu valor. Em relação às últimas 24h, o token valorizou mais de 45%. A moeda saiu de um valor de US$0.013 para US$0.018.

Como é de se esperar nessas situações em um mercado especulativo, muitos foram comprar a criptomoeda Chiliz na esperança de ter ganhos com uma possível alta. Justamente essa corrida para comprar o ativo fez a demanda aumentar e consequentemente elevou o preço nos pares CHZ/BTC e CHZ/USDT.

Mas essa alta nos preços pode não ter favorecido todos os investidores que tentaram aproveitar o momento do projeto.

 

Comprar Ethereum no Brasil – Método Fácil

 

Problemas na Binance evitaram lucros dos investidores

Um detalhe curioso é que o maior mercado do Chiliz é feito pela corretora Binance, com os trades sendo responsáveis por 69% das transações diárias no par CHZ/BTC. Mas justamente durante a alta do token houve um lag nos livros de ordem da corretora. Durante ontem e hoje vários livros de ordem ficaram com  problemas onde os traders não conseguiam cancelar ordens que não estavam sendo concluídas, nem mesmo criar novas ordens em outros pares.

Com isso, boa parte dos investidores da Binance não conseguiu vender os tokens Chiliz durante o momento de alta, prejudicando uma oportunidade de garantir um bom lucro. O CEO da corretora afirmou que o problema devidamente corrigido.

 

Veja também: 6 empresas de blockchain estão no top 50 Fintechs da Forbes

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.