Baidu lança sua própria criptomoeda: Xuperchain

0 Comentários

Durante o ano de 2019 a China foi um dos países que apresentou o maior interesse nas criptomoedas. Muita coisa aconteceu por lá, tanto de foram positiva quanto de forma negativa, uma das inovações mais importantes foi o anúncio do desenvolvimento do Yuan digital, a criptomoeda controlada pelo governo da China.

Mas, curiosamente, o Yuan digital não foi a primeira criptomoeda a ser lançada por lá. Segundo informações de veículos de notícias locais a gigante de tecnologia chinesa, Baidu, lançou a sua blockchain própria com uma criptomoeda a Xuperchain.

De acordo com as informações a moeda foi lançada hoje, dia 6, na Open Network, um serviço básico para a construção de blockchain criada e mantida totalmente pela Baidu em uma tecnologia de código aberto.

A Open Network tem como objetivo auxiliar e aumentar o poder das empresas de pequeno e médio porte. A blockchain conta com masternodes distribuídos em todo o país e, é claro, está de acordo com toda a legislação chinesa.

A presença de masternodes espalhados demonstra que a rede é descentralizada e não controlada por uma única entidade, claro que isso é apenas em teoria e a rede pode ser sim comandada pela Baidu de forma direta.

 

Cotação Ethereum: qual é o preço do Ethereum hoje?

 

Os mastersnodes também colocam a nova blockchain na categoria de alta-performance. De acordo com o whitepaper a rede descentralizada Xuperchain é capaz de suportar mais de 10 mil transações por segundo. O whitepaper também informa que a Baidu tem mais de 50 patentes para a plataforma de blockchain.

O código da Xuperchain é open source e foi disponibilizado no GitHub em maio do ano passado para que qualquer um possa analisar e até mesmo modificar em novas versões. A blockchain também conta com um explorador próprio para poder visualizar as confirmações de transações na rede.

Assim como o Ethereum, a Xuperchain foi desenhada para o uso de aplicativos descentralizados, garantindo mais utilidade para a tecnologia.

O whitepaper também informa que o papel da blockchain é ajudar a modernizar a capacidade da China para a governança, principalmente no período de avanços tecnológicos atuais. A ideia é que a China ultrapasse os outros passes no desenvolvimento da tecnologia de blockchain de acordo com os planos de avanço do país.

O lançamento da Xuperchain é um desenvolvimento bem importante para o criptomercado. Primeiro por mostrar o interesse de uma das gigantes da tecnologia na moeda e também por demonstrar que a China está querendo ser a principal força mundial no desenvolvimento das tecnologias descentralizadas.

Resta saber se a ideia é crescer a tecnologia da blockchain e seus princípios libertários ou usar esses princípios para aumentar o poder centralizado da China.

Veja também: Ethereum é uma péssima escolha para ser dinheiro

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.