HomeAnalista de criptomoedas atribui queda do Bitcoin a falha de energia

Analista de criptomoedas atribui queda do Bitcoin a falha de energia

Bitcoin sofreu dura sessão no fim de semana, mergulhando abaixo de 54 000 $ no domingo à tarde

A principal criptomoeda por valor de mercado teve uma de suas piores sessões de negociação de fim de semana deste ano, com o preço em queda. O Bitcoin entrou no fim de semana negociando um pouco acima de 62 000 $, antes de cair 13,8% e chegar a cerca de 53 450 $, no domingo à tarde. A queda do Bitcoin afetou o mercado das criptomoedas em geral, com cerca de 10 bilhões de dólares sendo liquidados em resultado.

Alguns especialistas do setor afirmaram que a queda fora a reação do mercado à ação do Departamento do Tesouro dos EUA de acusar as empresas de estarem envolvidas em lavagem de dinheiro. O analista de criptomoedas, Willy Woo, por outro lado, acredita que uma falha de energia em uma região de mineração de Bitcoin na China havia reduzido a taxa de “hash” do Bitcoin, causando o colapso do mercado.

Woo apontou que no dia 17 de abril, o Bitcoin teve a maior queda na taxa de “hash”, em um só dia, em mais de 2 anos.

“Acabamos de ver a maior queda de um dia na taxa de “hash” em mineração desde novembro de 2017,” compartilhou no Twitter. “A taxa de “hash” na rede basicamente diminuiu pela metade, causando caos no preço do BTC à medida que caiu.

A queda na taxa de “hash” na mineração também foi notada pelos analistas do site Bitinfocharts, que revelou uma queda da taxa média de “hash” na quinta-feira, de 157,58 EH/s para 105,42 EH/s, no sábado.

Além disso, ele explicou que a taxa de “hash” que foi subitamente reduzida estava relacionada a uma falha de energia na província chinesa de Xinjiang. Ele apoiou seu argumento revelando que a notícia do corte de energia havia sido noticiada anteriormente, referindo-se a notícias publicadas no dia 15 de abril, no país.

Woo também alegou que uma quantia fixa de 9000 BTC (equivalente a aproximadamente 517 milhões, no preço atual) foi transferida para o Binance no dia 16 de abril.

“Nove mil de BTC foram enviados para o Binance, leia-se que como uma venda dessas moedas. […] É provável que isto tenha sido enviado por alguém com enormes quantias de bitcoins e com maior conhecimento dos acontecimentos na China.”

O guru de criptomoedas concluiu que o efeito resultante dos dois eventos provocou a queda nos preços que, por sua vez, provocou liquidações massivas. Embora seu argumento pareça lógico, nem todos concordam com sua teoria.

Adam Cochran, da Cinneanhaim, está entre aqueles que têm uma visão divergente sobre o assunto. Cochran classificou a explicação como um disparate, acrescentando que era a análise de pessoas que “não entendiam de matemática”.

O Bitcoin se recuperou do fim de semana e atualmente está negociando em cerca de 57 275 $. O valor total do mercado da criptomoeda também subiu para 2,09 trilhões de dólares, um aumento de 1,3% nas últimas 24 horas.

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.