Analista da CoinMetrics destaca avanço das altcoins em 2019

0 Comentários

criptomoedas caindo como chuva

O Bitcoin evoluiu consideravelmente durante o ano de 2019. A moeda passou por importantes momentos, como o lançamento da Bakkt, uma melhor estabilidade em preços e recordes de hashrate. Porém o ano também trouxe novidades interessantes para as altcoins e foi justamente isso que Nate Maddrey, analista sênior da CoinMetrics destacou ao participar do podcast Unconfirmed.

Durante a entrevista Maddrey mencionou diferentes valores alcançados pelas criptomoedas abaixo do Bitcoin, que honestamente não ganharam muita atenção do público geral durante o ano passado. Segundo o analista, 2019 também foi um ano excelente para muitas stablecoins.

Na questão das stablecoins, enquanto a Tether continua a líder absoluta por capitalização de mercado, a USDC cresceu muito no último ano e muito desse crescimento aconteceu por causa das finanças descentralizadas (DeFi). Ele também notou que os valores de transferência da versão Ethereum do Tether superaram as transferências totais do Ethereum.

“Isso demonstra que as pessoas estão realmente usando as stablecoins como uma forma de pagamento ou meio de transferência pelo menos.”

 

Comprar Ethereum no Brasil – Método Fácil

 

A stablecoin USDC é defendida por grande parte da comunidade como uma alternativa bem melhor do que a Tether. Isso porque a Tether está envolvida em diferentes acusações de manipulação e práticas que está longe dos conceitos básicos do Bitcoin.

O analista também mencionou o quanto os endereços ativos aumentaram consideravelmente em todo o setor. Apenas o XRP, Stellar e Zcash viram quedas consideráveis, perdendo quase 50% dos endereços ativos. O Ethereum manteve o número de endereços ativos estável, com apenas 1% de queda durante o ano.

Ele também acrescentou que as moedas que perderam endereços ativos também demonstraram uma queda de preço durante 2019. Isso pode ser um bom sinal, demonstrando que a variação de preço das moedas estava mais ligada ao uso do que à especulação.

“Eu estou otimista de que isso quer dizer que a valorização está ficando cada vez mais ligada com o uso, mas quem sabe se isso é realmente correlação ou causa?”

A taxa de transferência de uma blockchain também é um importante dado para acompanhar o crescimento de uma rede. Taxas maiores representam maior atividade e espaço ocupado nos blocos. De certo modo, quanto mais o valor da transação sobe, mais pessoas estão usando a blockchain e aceitando as taxas atuais.

As taxas do Bitcoin formam as mais altas do ano, com um total de US$426 mil arrecadados diariamente. Ethereum veio em segundo lugar com cerca de US$95 mil, o mais próximo das duas foi a Litecoin, com apenas US$1 mil diário.

Veja também: Maquininhas da Cielo agora aceitam Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.