Home3 criptomoedas para ficar de olho em maio de 2019

3 criptomoedas para ficar de olho em maio de 2019

abril 29, 2019 By Diego Marques

Quais são os projetos de criptomoeda que estão planejando grandes atualizações ou lançamentos em maio? Quais criptomoedas vale a pena ficar de olho?

Abril foi um mês extremamente otimista para diversas criptomoedas, com muitos ganhos acima dos 20%, grandes altcoins como Ethereum (ETH) tiveram altas superiores a 23%, Litecoin (LTC) subiu 25%, e uma das nossas indicações do mês passado, a Binance coin (BNB) subiu 37%. Então, o que está na agenda para este mês?

TRON (TRX)

A Tron pretende ser uma líder mundial em distribuição de entretenimento digital, competindo contra plataformas de aplicativos descentralizados (dApp) já conhecidas no mercado, como Ethereum.

Goste ou não, Tron sabe de negócios. Só este mês, o projeto está planejando uma doação de US$ 20 milhões em bônus, planejando o lançamento de uma segunda solução de escalonamento de camadas e facilitando a mudança de alguns “turncoats” da ETH para sua rede

Em março, a Tether, empresa por trás da establecoin USDT, anunciou que estava procurando aumentar seu alcance global emitindo um token na TRC-20, baseado no dólar, na blockchain Tron.

Justin Sun, como bom marketeiro que é, decidiu adicionar um pouco mais de brilho a essa parceria e divulgou um esquema de incentivo de US$ 20 milhões.

Essencialmente, o plano do CEO da Tron, incentiva os donos de USDT a usarem a nova USDT-TRON oferecendo taxas bastante vantajosas.

Os donos de tokens também receberão um bônus airdrop diariamente, com uma taxa de bônus anual de 20%, começando em 30 de abril indo até 7 de agosto:

De acordo com a campanha, os donos do USDT-TRON serão recompensados ​​com 20 milhões de USDT por 100 dias consecutivos, distribuindo os tokens através de exchanges parceiras, Huobi e OKEx.

Testnet Network

No dia 30 de maio, a Tron lança sua própria solução de escalonamento de segunda camada, a rede Sun. “Imagine-a como a Bitcoin Lightning Network”. Disse o CEO da Tron.

A rede Sun tem como objetivo escalar o Tron até um ponto em que atrasos nas transações sejam uma coisa do passado, buscando igualar a soluções tradicionais de pagamentos, como a Visa, ou algo parecido.

Aeternity (AE)

A próxima moeda a ser observada em maio é a Aeternity, uma plataforma blockchain de código aberto com forte ênfase em contratos inteligentes, a Aeternity trabalha principalmente em coalizão com e para o gerenciamento de dApps – muito parecido com a Ethereum (ETH).

Não é por acaso que a Aeternity compartilha semelhanças fundamentais com a Ethereum, afinal, o projeto foi fundado pelo autoproclamado “padrinho da Ethereum, Yanidalve Malahov”.

Malahove trabalhou ao lado do criador da Ethereum, Vitalik Buteriun, como co-líder em um projeto conhecido como Keidom (agora chamado ascribe.io). Malahov relata que a dupla certa vez conversou sobre a Mastercoin (agora renomeada Omni) que pode ter levado ao nascimento da ETH. Por isso, ele se auto-proclama o “The Godfather of Ethereum”.

No entanto, apesar de ajudar a cultivar uma das mais famosas criptomoedas do mundo, isso não foi suficiente para Malahov, e ele posteriormente criou a Aeternity, uma plataforma dApp escalável com foco na interação com dados do mundo real.

Minerva 2.1.0: Aeternity hardfork

A Aeternity é uma moeda notável para o próximo mês por causa de seu próximo hardfork, que deve acontecer no dia 28 de maio. Este é o 2º hardfork da Aeternity este ano, o primeiro aconteceu em fevereiro.

O primeiro hardfork foi responsável pela migração dos tokens AE para a mainnet, bem como pela melhoria da versão do Aeternity dos canais de estado da máquina virtual Ethereum (AEVM) e da Aeterinity.

No total, haverá três hardforks este ano, marcando várias fases na plena realização da blockchain aeternity; cada um expandindo e melhorando as características da Aeternity.

Aion (AION)

Aion é uma “rede blockchain de terceira geração”, sendo a primeira o Bitcoin e sua habilitação de transações peer to peer, a segunda a Ethereum, e sua plataforma de desenvolvimento de software e a terceira, visando melhorar tudo que a primeira e segunda geração forneceu, mas sem esses problemas de governança ou escalabilidade.

A Aion tem o objetivo de fornecer não apenas transações peer-to-peer e operabilidade de contrato inteligente, mas também interoperabilidade de cadeia cruzada para comunicação entre várias blockchains. Em outras palavras, a Aion pretende ser uma ponte entre todos as outras blockchains.

Virtual Machine Aion 

O lançamento da Virtual Machine, ocorrerá (em algum momento) em meados de maio. O projeto chama a Aion Virtual Machine (AVM) de “o primeiro grande evento de 2019”, preparando-o para ser um grande negócio para o projeto:

De acordo com o white paper do projeto, o AVM é um mecanismo completo de execução de contrato inteligente da Turing, fundamental para a rede Aion. O AVM permite que os desenvolvedores criem aplicativos baseados em blockchain na Java.

A facilidade de acesso permitida pelo Java permite atrair os desenvolvedores tradicionais, incentivando a migração para a blockchain do Aion. O uso do Java também tem o benefício adicional de preservar a compatibilidade com ferramentas atualmente usadas na codificação baseada em Java.

Falando na conferência REBUILD de 2019, o fundador e CEO da AION, Matt Spoke, apresentou alguns dos benefícios do AVM, destacando especificamente a acessibilidade e usabilidade do Java, que para ele fomentará a adoção do desenvolvedor.

Spoke também destaca a criação do projeto de modelos de contrato inteligente de java seguro, como tokens não fungíveis, carteiras de vários sig, afim de viabilizar uma maior adoção e facilidade de uso para os desenvolvedores.

Além disso, o AVM também possui um “conjunto de APIs”, um conjunto de protocolos e ferramentas usados ​​para criar aplicativos de software, muitos dos quais, segundo Spoke são atualmente populares no ecossistema Ethereum.

Este não é um conselho de investimento, isso é simplesmente uma visão geral das moedas que podem estar no centro das atenções no próximo mês.

Tags: