Criação do símbolo do Bitcoin – A História do Bitcoin parte 2

1 Comente

Olá leitores e leitoras! Recentemente começamos aqui no Guia do Bitcoin uma série sobre a História do Bitcoin! Você pode conferir a primeira parte aqui! Hoje vamos dar continuidade deste tema, dessa vez, explorando sobre o símbolo do Bitcoin e como ele surgiu!

Lembrando que estamos fazendo essa série com base em publicações da Bitcoin.com, feita para marcar os 10 anos da criação da criptomoeda.

Quando Satoshi publicou seu whitepaper a mais de uma década atrás, e depois minerou o bloco de gênese um pouco mais de dois meses depois, ainda havia muito a ser construído no ecossistema do Bitcoin.

A moeda estava em seu começo e ainda faltava muita coisa, desde estrutura até uma identidade.

Não havia carteiras, nenhum explorador de blocos e nenhuma exchange- na verdade, não havia sequer uma taxa de câmbio, afinal, a moeda ainda não tinha “valor”.

E ainda mais importante, não havia um símbolo para representar a moeda Bitcoin.

A história do Símbolo do Bitcoin

O primeiro protótipo de logo foi feito pelo próprio Satoshi e era apenas uma moeda de ouro com as letras BC.

No início de 2010, no entanto, na época em que uma pequena comunidade estava começando a se formar, estava em andamento uma discussão para criar um novo símbolo e substituir o então oficial na época.

O novo logo também traria um novo unicode de identificação para o Bitcoin.

“Proponho que adotemos o símbolo da moeda baht tailandesa,  ฿, como símbolo oficial da moeda Bitcoin e BTC como o código de moeda oficial de três letras”, escreveu o membro do fórum Bitcointalk “NewLibertyStandard” no dia 5 de fevereiro de 2010.

Quatro meses antes, o mesmo indivíduo fez a primeira compra de Bitcoin usando moeda fiduciária, pagando US$5,02 por 5.050 BTC.

Hoje isso equivale a mais de US$50 milhões. Seguiu-se uma intensa discussão, com alguns usuários do fórum preocupados que o símbolo do baht poderia causar confusão.

No dia 1º de novembro o usuário “bitboy” compartilhou o logotipo do Bitcoin recém-projetado, com o ₿ renderizado em sua agora tradicional combinação das cores branca e laranja.

Na época o símbolo já contava com um ângulo de 14% no sentido horário. Até hoje esse ângulo é mantido.

símbolo do Bitcoin

De acordo com a ausência de centralização de longa data do Bitcoin, mesmo quando Satoshi ainda estava por perto para bancar o ditador benevolente, havia pouco consenso sobre qual símbolo deveria ser adotado.

Uma pesquisa em meados de 2011, no entanto, pediu para que os usuários do fórum votarem na melhor opção.

A maioria votou esmagadoramente em favor de ฿, na frente de opções como β, Ƃ e Ƀ.

Não foi até anos depois, em junho de 2017, que o Bitcoin finalmente ganharia seu próprio símbolo unicode e se tornaria ₿.

Curiosamente, a palavra “Bitcoin” não aparece uma única vez no corpo do artigo seminal de Satoshi. O termo acaba aparecendo apenas no título e no nome do domínio .org impresso diretamente abaixo dele.

O Bitcoin, seja ele denominado BTC, XBT, ฿ ou ₿, nunca foi sobre branding – era sobre mudar o mundo.

Veja também: Bitcoin enfrenta estabilidade e risco de quedas maiores

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.