Coinbin anunciou falência após “golpe” de chefe de operações

0 Comentários

A exchange de criptomoedas da Coreia do Sul, Coinbin anunciou na última semana que vai declarar falência.

De acordo com uma notícia do site Business Korea, a exchange cessou todas as suas atividades com criptomoedas, incluindo depósitos e saques na tarde da quarta-feira dia 20, citando um “dano financeiro estimado em 29.3 bilhões de wons ($26 milhões)”. O CEO da Coinbin, Park Chan-kyu, disse que todos as liquidações em dinheiro e ativos digitais seriam completadas de acordo com as regulamentações de falência do país.

Park disse que o prejuízo financeiro sofrido pela exchange foi causado pelo antigo CEO de outra exchange (também falida), chamada Youbit. A Coinbin comprou a Youbit depois que a exchange foi hackeada em abril de 2017 e depois mais uma vez em dezembro do mesmo ano, resultando em um prejuízo de $15.2 milhões em criptomoedas.

Leia também  BitPay lança cartão de débito de Bitcoin em parceria com a VISA

De acordo com uma notícia publicada no dia 20 de fevereiro pela ZDNet Korea, um homem identificado como Mr. Lee, que se tornou o chefe de operações da Coinbin depois de sair da Youbit, “roubou” diversas chaves privadas de centenas de carteiras e até mesmo perdeu o acesso a cold storages com mais de 100 ETH no final do ano passado. Lee disse que os incidentes não foram intencionais.

Porém, de acordo com a notícia do ZDNet Korea, as afirmações de Lee são suspeitas, afinal ele é considerado um expert em criptomoedas, patenteou um novo método de usar plataformas de blockchain com transferências criptográficas e até foi coautor de um livro que ensina os fundamentos das criptomoedas e até mesmo ensina como fazer backup de dados da carteira.

Leia também  Airbnb acaba de adquirir uma equipe de especialistas em Bitcoin e Blockchain

Apesar de haver maneiras de recuperar as criptomoedas perdidas sem as chaves privadas, a Coinbin disse que via processar Lee por desfalque.

Veja também: Todos os detalhes da falha crítica da Coinomi!

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.