Bitcoin continua em alta, altcoins tem recuperação de mais de 2 dígitos

0 Comentários

dólar e gráfico do bitcoin

Nesse final de semana o grande assunto, sem dúvidas, é como o Bitcoin subiu constantemente desde o começo da semana passada e ultrapassou os $6.900 dólares e está se segurando relativamente bem e quase ultrapassando a resistência dos $7.000. Nessa semana, a moeda subiu 22% de acordo com os dados do CoinMarketCap.

Porém, essa não é a única novidade boa do mercado atual, as principais altcoins também se recuperaram e tiveram altas de até 2 dígitos, demonstrando que o mercado anda muito bem das pernas. O Ether (ETH, Ethereum), também está segurando sua posição como a maior altcoin do mercado, com uma capitalização de mercado de $20.7 bilhões. Já a segunda maior altcoin, o XRP, mantém uma boa valorização e uma capitalização de $13.7 bilhões.

Os dados do CoinMarketCap, mostram que o ETH está em uma alta de mais de 12% nas últimas 24h, sendo negociado acima dos $195, desde o começo da semana, a moeda aumentou cerca de 21%.

A terceira maior cripto, o XRP, chegou a alcançar altas de até 9%, ficando em 8% no momento da publicação da matéria, com negociação a cerca de $0.32.

Entre as top 20 criptomoedas, as moedas com ganho mais notáveis foi o Cardano (ADA) chegando aos 20%, Litecoin (LTC) e Tezos (XTZ), ambos alcançando até 17%. Monero (XMR), Binance Coin (BNB), EOS e Bitcoin cash (BCH) também subiram, demonstrando altas de até 11-15%

Veja também: Político americano pede “proibição do Bitcoin”, mercado responde com alta

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.