Bitcoin: O guia básico definitivo para iniciantes da moeda virtual

“O impedirá a tirania monetária” – Forbes

oque-e-bitcoin-in-cryptography-we-trust
Imagem: Reprodução

A primeira transação de valor comercial registrada na história do Bitcoin, onde um usuário comprou pizzas com bitcoins, a moeda fundada na Internet. A transação teve uma grande repercussão na mídia, uma vez que depois de alguns anos, a pizza valeria milhões de dólares. Acrescente a isso a de que o serviço de hospedagem MEGA criado por Kim Dotcom também aceitam bitcoins. Para cavar um pouco mais na chamada moeda da Internet, desenvolvemos este com o básico que você precisa saber para entrar nesta nova economia em rede.

O que é Bitcoin?

logo-bitcoin

É uma moeda virtual, concebida para a Internet, que opera de forma descentralizada, porque não há nenhuma autoridade central para emitir moeda, e ajusta seu valor observando com precisão protocolo projetado por Satoshi Nakamoto, em seu artigo, em 2008, o Bitcoin é um sistema Peer-to-Peer de dinheiro eletrônico.

O artigo explica em detalhe o funcionamento do Bitcoin, e começa a justificar a existência do dinheiro eletrônico: Uma versão totalmente descentralizada (Peer-to-Peer), que permite pagamentos on-line que foram enviados diretamente de uma pessoa para outra sem passar por um instituição financeira. Para conseguir isso, Satoshi criou um esquema onde a confiança é depositada na matemática e não em instituições, em criptografia e rede de comunicação em vez de terceiros.

Bitcoin é também o nome do software de código aberto, desenvolvido pela comunidade, que segue o protocolo desenhado por Nakamoto. Funciona com todos os principais sistemas operacionais e já faz parte do portfolio de muitas pessoas e empresas.

Confira alguns vídeos que resumem bem o que é Bitcoin:

Como faço para começar?

A primeira coisa que você precisa fazer para começar a receber e enviar bitcoins é obter uma carteira digital, ou a chamada “Wallet”. A prática usual é a de instalar o cliente bitcoin em seu sistema operacional e baixar gigas e mais gigas de informações para sincronizar com a rede Bitcoin, a chamada Blockchain. Este é o método mais seguro para fazer transações, mas é importante mantê-lo constantemente atualizado.

Leia também  Agora é possível comprar jogos na Steam com Bitcoins

carteira-bitcoin-wallet-guardar-bitcoin

Serviços de terceiros, como a Coinbase cobram 1% de cada transação (envio/recebimento) em troca de manter um portfolio digital online. Outros serviços similares são a XAPO, a Electrum e a famosa Blockchain.info, que segunda a comunidade, é uma das mais seguras. Aqui devemos ter o cuidado de verificar a seriedade do intermediário. Caso decida por manter os seus fundos de Bitcoin armazenados em uma wallet online, pesquise bastante sobre ela e de preferência mantém ela sobre território americano? Porquê? Porque a legislação lá é muito séria e o governo realmente pode cobrar dessas empresas e leva-las a processos, caso “sumam” com os fundos dos clientes.

Se você quer comparar qual o melhor tipo de carteira digital para você, clique e confira nosso artigo sobre os tipos de carteira Bitcoin. Fizemos também uma comparação sobre as carteiras físicas de Bitcoin, atualmente disponíveis no mercado, que seria como você armazenasse seus fundos em um “pendrive super seguro e tokenizado”.

Há também uma variedade de aplicações móveis para iOS e Android; uma App BlockChain entre eles.

Onde posso obter bitcoins?

Existem três formas básicas:

1. Bolsas de Bitcoin (Exchanges)

É muito simples. Você compra diretamente de uma bolsa de bitcoins, podendo converter seus Reais, Dólares ou Euros para bitcoins ou vice-versa. Confira a lista das exchanges que operam no Brasil, a FOXBIT é a operadora brasileira com maior volume de compra/venda atualmente.

2. Oferecer serviços em troca de bitcoins

Muitas pessoas estão oferecendo todos os tipos de serviços em troca de bitcoins, desde o trabalho de design gráfico, desenvolvimento de sites, ou mesmo vendendo livros e fazendo consultoria na Internet. Com alguns serviços você já pode ser um freelancer e receber em Bitcoins pelo seu trabalho. Ou, se você tem um negócio, você pode começar a receber pagamentos com Bitcoin, uma vez que ele possui custos operacionais mínimos. A BitPay é recomendada para intermediação de pagamentos e no Brasil, a PagCoin é indicada para negócios virtuais (lojas virtuais, etc).

Leia também  10 motivos para investir em Bitcoin em 2016

3. “Mineração” de Bitcoins

Este deve ser o procedimento mais complicado, mas também pode ser um negócio rentável, já que é matematicamente projetado para ser justo. Neste contexto, minerar é equivalente a usar os recursos do computador para gerar divisas. Em essência, é uma troca de tempo de seu processador e poder por bitcoins.

Tecnicamente falando, o processo de mineração de bitcoins é baseado em um sistema de Proof-of-work (POW) que atenua no abuso de serviço. Desta forma, produzir um hardware bitcoin é difícil, enquanto que a verificação de autenticidade é fácil com uma função matemática. Além disso, o protocolo Bitcoin é concebido para definir o número de bitcoins que podem ser gerados por unidade de tempo.

A maioria dos usuários optam pelas duas primeiras opções, no entanto, há pessoas e grupos dedicados a minerar bitcoins profissionalmente. Atualmente, é comum articipar de uma das muitas piscinas (pools) de mineração como a AntPool ou a Bitury.

Curiosidade: O País que é lider na adoção e mineração do Bitcoin é a China, por conta dos seus baixos custos com energia elétrica.

Hoje em dia com os custos elevados da energia elétrica no Brasil, não se vale muito a pena, além disso são exigidos equipamentos específicos e caros para importação, as chamadas Antminer, comercializadas pela fabricante .

O que eu posso comprar/fazer com bitcoins?

É uma realidade que cada vez mais empresas e pessoas aceitam bitcoins para pagamento de serviços, produtos e contas, com o “dinheiro virtual”, como alguns o chamam. Fizemos uma pequena lista do que é possível fazer e comprar com Bitcoin:

Leia também  Como funciona o Bitcoin - Do ponto de vista técnico

Você pode conferir todos os negócios que aceitam neste link.
E uma outra lista também do que se dá para fazer com bitcoin.

Selo comumente utilizado pelas empresas que aceitam Bitcoin:

bitcoin-accepted-here-selo

Via: El Diário
Adaptação e Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

1 Comentário


  1. De toda minha experiência no universo de criptomoedas, especialmente com o bitcoin (depois de muita frustração, com scams e investindo meu tempo sem pagamento) a melhor maneira de acumular bitcoins é com o freebitcoin.Mas essa é apenas minha opnião, cada um tem sua maneira predileta.Se iniciar com o freebitcoin, pode usar minha referência (ofereço apenas 1000bitcoins como ajuda inicial, mas já ajuda ^^): http://freebitco.in/?r=3333555

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *