Weiss Ratings: Tether representa uma séria ameaça para o mercado de criptomoedas

A , uma agência independente de rating, advertiu os investidores e traders sobre o risco da existência de dólares tokenizados “dólares tokenized (USDT)” no mercado de . De acordo com o relatório, o potencial colapso do token USDT poderia afetar negativamente todo o mercado de ativos digitais.

“O maior problema: uma auditoria nunca foi realizada e os funcionários da Tether sempre se esquivaram de perguntas importantes. Eles afirmam constantemente que seus são 100% apoiados por dólares, mas nunca forneceram provas“, disse o analista da Weiss Ratings Juan Villaverde.

Segundo ele, o volume de negociação diária de tokens USDT excede regularmente sua capitalização de mercado (de acordo com os dados da CoinMarketCap, esta situação foi desenvolvida no momento da publicação). Isso significa que todo o volume de tokens é vendido e comprado em um dia.

“Se você analisa os comentários na Internet, a maioria dos usuários concorda que, de fato, a Tether lançou um sistema de backup fracional. Em outras palavras, a empresa não tem todos esses dólares para fazer backup dos tokens na íntegra. E eu prefiro concordar com isso. Isso também é suspeito“, acrescentou Villaverde.

Ele observa que o USDT é usado em muitas exchanges de criptomoedas que não funcionam com pares “físicos”, como um “substituto do dólar”, quer dizer elas negociam o Tether como se fosse o dólar, mais ninguém possui dólar algum. Dado um volume de negócios tão elevado, o analista alerta que os tokens USDT são uma das principais fontes de liquidez no mercado de criptomoedas.

Leia também  Governo da Venezuela quer regular a mineração de Bitcoin

Villaverde também acredita que o USDT representa uma séria ameaça para o ecossistema. Se ficar provado que os tokens são fraudulentos, ou se o governo de qualquer país importante entender que o uso do USDT nas exchanges como uma algo ilegal de regulação, então “toda essa liquidez simplesmente evaporará”.

De acordo com Willaverde, nesta situação, muitas exchanges simplesmente podem “falir”. Além disso, os investidores começarão a vender massivamente os ativos digitais, resultando em uma queda no preço da grande maioria das criptomoedas. No entanto, tal crise “trará transparência para um mercado que antes não tinha muita visibilidade”.

Para se proteger, Villaverde aconselha os investidores a comprar apenas uma criptomoeda com classificação de alto nível na lista da Weiss. Além disso, o analista recomenda não armazenar suas criptos em exchanges (especialmente se a Tether estiver na sua lista) e nunca negociar em pares com USDT.

Leia também  Banqueiros estão mudando de investimentos tradicionais e se juntando ao mercado de Criptomoedas

Para concluir, Villaverde acrescentou que várias situações problemáticas ocorreram no passado e acontecerão no futuro. Na opinião dele, a principal dica para os investidores é não entrar em pânico.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Bitcoins no seu e-mail

Digite o seu e-mail

Junte-se a 48.751 outros assinantes

loading...

Previous:

Bitcoin rumo aos US$10.000
Postado em Fevereiro 14, 2018

Next:

A empresa canadense de gás IBR aloca recursos para minerar Bitcoin
Postado em Fevereiro 14, 2018

Njalla: Fundador do Pirate Bay cria serviço de registro de domínios anônimos, pagando com Bitcoin

Recentemente, o fundador do famoso site de torrents Pirate Bay lançou um novo serviço de registro de domínio centrado na privacidade chamado ‘Njalla‘. Esse tipo de serviço se tornou um…

0 Comentários

Pineapple Fund doa US$ 1 milhão em bitcoin para a “Arquive of Internet”

Pineapple Fund doou US$ 1 milhão em Bitcoins para o “Arquivo da Internet”. Pineapple é uma instituição de caridade de Bitcoin, criada no início de dezembro de 2017, cujo objetivo final é doar Bitcoin para várias organizações…

0 Comentários