Uma tecnologia revolucionária está por traz dos ativos digitais – Blockchain

0 Comentários

Olá pessoal!

A está começando a tomar proporções maiores em nosso país.

Só que entender é uma coisa, explicar é outra. E quando questionado em aspectos pertinentes, me vi que precisava organizar melhor esse encadeamento de ideias, para transmiti-lo a mais pessoas.

Existem muitas blockchains que já foram lançadas, muitas sendo lançadas, e muitas que irão ser. Mas precisamos mostrar às pessoas o potencial não só dos ativos. Essa introdução será um apanhado geral.

O potencial da tecnologia Blockchain. Essa sim é o legado do , para a gente, muito mais que o protocolo e seu ativo o . A tecnologia revolucionária, que nos liga do ponta a ponta, e valida todos os dados possíveis, nessa cadeia online e muito mais segura que qualquer outro meio de tecnologia.


Fonte: Pixabay

Então o que é Blockchain?

Quando Nakamoto estava elaborando o protocolo Bitcoin, interpreto que ele estava pensando no potencial de transação de um ativo não fiduciário. No whitepaper (apresentação do protocolo) original do Bitcoin ele descreve o processo de encadeamento de blocos, mas não utiliza o termo blockchain.

Como tudo que é novo, o termo blockchain foi um neologismo que até em português ficou bom. Não vejo outro nome que fique mais claro a referência a essa tecnologia.

Então blockchain é como o nome diz mesmo, uma cadeia de blocos. Mesmo que isso não diga muito ainda, tem que está claro, é um bloco, que vem outro bloco e se liga a ele, e depois vem outro se liga, e vem outro, e outro, o tempo inteiro.

É bom associar com comparações para ficar mais fácil.

Blockchain é um bloco de notas online praticamente incorruptível, criptografado, registrando o tempo inteiro informações, dados.

Blockchain é uma estrutura de registro online, registrando informações, dados, o tempo inteiro, de modo seguro e criptografado.

Blockchain é uma nova era do processo virtual, uma nova etapa da internet.

Blockchain é uma memória eterna, é o consciente e inconsciente registrado, gravando cada registro, para sempre, acessível a todos, a todo momento, em qualquer momento, desde o inicio até o presente.

Blockchain é a evolução da confiança, somos desconfiados e temos motivos para ser, só que essa confiança da blockchain não é por acreditar desconfiar da outra pessoa, é porque os dados quando são registrados, não tem mais como mudá-los, então um dado é escrito nesse bloco de notas, ele estará lá registrado online, o tempo inteiro e para sempre.

Blockchain é auditado o tempo inteiro, você pode ter ela em seu computador, você pode ver ela em sites online, e quanto mais tempo a blockchain está funcionando, mais segura ela é.

Leia também  Desenvolvedores Ethereum encontraram bug dias antes do fork

Não é o TCU que fiscaliza o blockchain, não é a politico, nao é a policia, nao é o contador, não é o advogado, não é um Estado, não é uma organização.

No nosso país isso é importante, muito importante, porque são todos que quiserem fiscalizar a blockchain, irão fiscalizar, seja órgão institucional, ou pessoa jurídica ou física, sem sair de casa, sem burocracia.

Blockchain é uma rede de confiança, que a cada bloco, gera mais confiança.

Blockchain é um livro razão, que cada um pode ter posse, criando uma entidade de confiança descentralizada, onde elimina a necessidade de qualquer intermediário para retificar essa operação, eliminando o que geralmente é esse intermediário tais como bancos, governos, cartórios, etc

Se um bloco for hackeado, ele vai ser invalidado, e não entra na cadeia de bloco. Se eventualmente milhares de pessoas deixarem passar esse bloco, não for, o bloco anterior para ser hackeado, tem que ser um vírus que irá hackear o mundo inteiro ao mesmo tempo, e depois terá que fazer isso de novo no bloco anterior, e depois de novo, e de novo, simultaneamente, cada bloco terá que ser hackeado simultaneamente no mundo inteiro.

E por exemplo o bitcoin produz um bloco a cada 10.19 minutos. E cada protocolo de blockchain terá um tempo de formação de bloco.

Cada bloco contem as transações, os dados, os contratos, as informações.

Confira aqui

A blockchain está posta a prova, desde a primeira blockchain criada pelo Bitcoin. O hacker pode hackear a carteira, os sites, o seu hardware, e muitas coisas. É muito mais segura a blockchain do que o banco.

Afinal, é mais seguro um servidor centralizado ? Ou um servidor que o mundo inteiro tem ? Um servidor descentralizado ?

O poder computacional do mineradores( que explicarei em outro post), é estimado de 20 a 50 vezes maior do que o google.

Estamos falando não de um lugar, estamos falando de cada pessoa, esteja ela aqui no Brasil, na Venezuela, na China, no EUA, na França, na Nigéria, qualquer país, estado, cidade, bairro, em todos lugares que têm internet, em todas as pessoas que tem internet, podem ter a blockchain armazenada.

É mais fácil hackear a google, o Itaú, o Banco do Brasil, ou qualquer servidor centralizado ou todos os computadores que tem a blockchain espalhada pelo mundo inteiro, em todos os continentes e ao mesmo tempo?

A Blockchain é o caminho para extinguir a corrupção do Estado, pelo menos sabemos da onde sai e para onde vai o dinheiro, tenta procurar o orçamento de qualquer cidade ou estado, para ver se é claro, o portal da transparência verdadeiro é a Blockchain.

Leia também  O Bitcoin é uma moeda ou uma commoditie?

Esse ótimo artigo da UFSCAR resume muito bem e vale a pena conferir na integra:

A blockchain introduz o novo paradigma do consenso sob demanda, onde o conjunto de nós da rede P2P concorda com a ordem em que blocos de transações vão sendo agregados à corrente de blocos, proporcionando um ambiente distribuído confiável, seguro, escalável e imutável para a realização e armazenamento de transações na Internet. A blockchain elimina a necessidade de uma terceira parte confiável e cria digitalmente uma entidade de confiança descentralizada. O caráter disruptivo da tecnologia é imenso e aplicações estão surgindo em diversas áreas: finanças, saúde, artes, governo, etc., além da própria computação.

Lembro que a blockchain do bitcoin foi data a primeira transação em 2009, e até hoje está aí, e não foi por falta de tentativa, é a prova da segurança da blockchain.

Enquando o governo brasileiro continua preocupado em se defender de acusaçoes, o Mexico já começou investir contra corrupçao, publicado pela ONU. Lá não é muito diferente daqui, mas pelo menos nao quer proibir. E com foco nas licitações. Será que no Brasil teria serventia?

Irei trazer tecnicamente o funcionamento da Blockchain. E lembro, ser um registro online, seguro, descentralizado, e de grande potencial, não traduz o que é blockchain.

A Blockchain é um pequeno passo para tecnologia, e é um grande passo para humanidade.

A descentralização de todas as informações chegou, uma rede de confiança auto sustentável, não precisa do fator humano daqui ou dali para validar, cada individuo, de cada pais, de cada lugar desse mundo inteiro pode auditar.

A blockchain pode realmente fazer a democracia funcionar, ela chega no individuo, ela chega em cada um que se conecte, as favelas tem internet, segundo IGBE temos 116 milhões de brasileiros com acesso a internet.

Ainda temos muito a questionar e construir modelos de blockchain, e temos essa oportunidade de mudar o caos social que vivemos, de mudar o modelo de negócios, de trazer transparência a cada compra e venda, de não ter bunker com 51 milhões de reais sem ninguém saber da onde saiu, do intermediador ganhar em cima da empresa, das fraudes.

Para isso temos que estudar a blockchain, entender seu funcionamento, sua aplicabilidade, seu potencial, seus riscos, seus beneficios. Temos que saber que existe blockchain. Temos que estar atentos ao presente, e elaborar o futuro.

Não estamos falando só de transação, de ativos digitais, estamos falando de um modelo disruptivo, de presenciar ao nosso tempo, assim como quem presenciou o início das discussões filosóficas, da elaboração cultural, da ciência, da tecnologia, da programação, da computação, do celular, da internet.

Leia também  Cardano: Um novo disruptor no mercado de Criptomoedas?

Quando Bill Gates começou,poucos investiram na Microsoft, Steve Jobs e a Apple também não eram tidos a sério, a internet criada em 1969, só chegou à população na década de 90. A google quando foi ao IPO, tornou vários de seus funcionários milionários em 2004.

O facebook outra empresa centralizada, vende seus dados, e sua privacidade. As redes sociais vendem seus dados em acordos milionários. E o que retorna para você?

Imagina cada pessoa ganhar pela sua foto, pelo seu post, pela sua ideia, pela sua economia de luz, água, pelo seus dados, e além de ganhar estarem seguros, criptografados, seu histórico médico todo registrado, todos os exames, medicações que fez uso, peso, altura, pressão ao longo do tempo.

Imagina uma empresa vender credito de carbonos para outra, trabalhos humanitários, conseguirmos chegar naquela pessoa lá no meio do morro, as denuncias anonimas, a descentralização da renda, a oportunidade por ganhar por mapear ruas, trocar objetos. Trarei isso melhor.

Estamos na era das blockchains! E você pode escolher fazer parte, ou no futuro se lamentar por ter visto o barco passar. Dou-lhe boas vindas a nova era da internet, e mais ainda você pode fazer parte dela! Nós aqui no Steem estamos fazendo parte dela.

E ainda nao falei as possibilidades de aplicação da blockchain. Que virao posteriormente.

Grave esse nome Blockchain, e guarde no seu computador, estará aqui também nessa blockchain, e com o tempo, saberemos os rumos desse novo passo, afinal quem usa pager, disquete, fita cassete? Quem usa internet discada ? quem usa cd, dvd ainda?

Será que existirá dinheiro no papel daqui algum tempo? Será que pagaremos imposto sobre imposto em tudo? Será que o Brasil vai regulamentar ou proibir?

A blockchain está aí, mesmo se o Brasil proibir, ela estará aí, o Brasil terá que proibir a internet. E se você ficou preocupado como a blockchain pode te atingir, fique mesmo, não tem como rastrear o dinheiro como o Real quando ele sai do banco, os ativos digitais na blockchain tem, as licitações tem, cada centavo, cada produto, cada dado, da para ver da onde ele saiu e para onde ele foi, aproveite enquanto é tempo.

E por último esse vídeo que vamos trabalhar no próximo post:

Fiquem em paz! E atentos a nova era do mundo tecnológico!

(Matheus ggr)
Fonte: https://steemit.com/pt/@matheusggr/tecnologia-blockchain-a-tecnologia-revolucionaria-por-traz-dos-ativos-digitais-introduzindo-o-termo-blockchain-1

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/