Uma das mais respeitadas entidades de conduta financeiro do mundo fala dos potenciais riscos das criptomoedas à bancos

A Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA, na sigla em inglês) escreveu aos CEOs dos bancos sobre os riscos potenciais que eles enfrentam ao lidar com criptomoedas.

Como regulador britânico para cerca de 58.000 empresas de serviços financeiros e mercados financeiros no Reino Unido, a FCA emitiu alertas formais antes sobre os riscos de investir em moedas digitais.

Neste último aviso, a FCA se dirige especificamente aos bancos e pede uma maior análise das atividades de clientes, se eles forem considerados como “negociando” as chamas pela a agência de “cryptoassets”.

Para clientes bancários que oferecem serviços a consumidores em criptomoedas, medidas apropriadas para diminuir o risco de crimes financeiros incluem: “executar a devida diligência em indivíduos-chave no negócio do cliente” e “assegurar que as estruturas de crime financeiro existentes reflitam adequadamente as atividades relacionadas à criptomoedas em que a empresa está envolvida. ”

Leia também  Cobertura Hard Fork: Exchanges sul-coreanas de Bitcoin se pronunciam sobre o assunto

Embora reconhecendo que nem todas as empresas e indivíduos detentores ou negociadores de criptomoedas apresentariam o mesmo grau de risco, a FCA indicou alguns indicadores de “alto risco”. Estes incluem um cliente usando uma criptomoeda patrocinada pelo estado, “que é projetada para fugir das sanções financeiras internacionais” – presumivelmente, uma sugestão de que negociar o Petro da Venezuela fará com que sua conta seja fechada.

Outra bandeira vermelha citada inclui clientes que movimentaram grandes quantias para ofertas iniciais de moeda (ICOs). De acordo com a carta da FCA, esses clientes estão em um risco “elevado” de fraude de investimento.

Nem todos os motivos para usar criptomoedas são de natureza criminosa, continua, mas dado o “anonimato potencial e a capacidade de movimentar dinheiro entre os países”, a FCA espera que as empresas financeiras exerçam “cuidados especiais” ao lidar com casos envolvendo criptomoedas.

Posts relacionados

Leia também  Microsoft, IOTA e a Fujitsu lançam primeiro mercado de criptmoedas para a Internet das Coisas

IBM desenvolve plataforma Blockchain para combater as emissões de carbono na China

A IBM reivindicou a primeira plataforma de gerenciamento de ativos ecológicos de blockchain na China para diminuir as emissões, ao mesmo tempo em que apoia a tecnologia de baixa emissão de…

0 Comentários

Criador da Ethereum diz para fãs de criptomoedas “crescerem”

O co-fundador da Ethereum tem uma mensagem e um aviso para a comunidade de criptomoedas: corte os “memes de lambo e trocadilhos imaturos”. Na quarta-feira, Vitalik Buterin ranted no Twitter…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link