Setembro, o mês da positividade

0 Comentários

O mercado de tem experimentado o mês de setembro como o mais positivo nos seus 9 anos de história. Apesar disso, os valores do e do , e das demais criptomoedas, ainda não refletiram essa positividade.

Diversos acontecimento agitaram o mês de setembro no mundo das criptomoedas: a Gemini lançou a sua primeira stablecoin; a comissão da União Europeia reconheceu as criptomoedas como uma classe de ativos; a NASDAQ está investindo em ferramentas para prever transações de criptomoedas e o Citigroup passará a oferecer soluções de custódia de criptomoedas para investidores institucionais.

Mesmo com toda essa movimentação, o mercado se aproximou de seu mais baixo nível, apesar da recuperação apresentada pela Ethereum com um aumento de 9% em seu valor.

E para quando esperar a alta?

Segundo Balaji Srinivasan, CTO da , o setor passou por diversos ciclos de bolha-queda-alta. Nos anos de 2010, 2012, 2014 e 2018, o Bitcoin e outras criptomoedas, sofreram 80% de correção. E após cada uma dessas quedas, o mercado se recuperou, e cada vez mais forte, contradizendo todas as críticas de que as moedas deixariam de existir.

Leia também  Alerta de SCAM: GladiaCoin e a promessa de "dobrar os seus Bitcoins em 90 dias" está enganando muita gente

Srinivasan ainda afirma:

 “A razão pela qual essa coisa [criptomoedas] realmente teve pernas foi que, depois de 2011, quando houve uma bolha e ela subiu, caindo em seguida, mas não chegou a zero. Ela meio que se estabilizou e continuou voltando. Naquela época, era basicamente quando eu dizia: ‘Ok, isso vai ficar por aqui, tem pernas, não vai zerar’. E isso foi em um ano de alta”

Em 2017, quando o preço do Bitcoin atingiu o seu maior patamar US$ 19500, não haviam soluções de custódia para facilitar a demanda dos investidores que planejassem investir grandes quantias no mercado. Com as novidades desse mês, pode ser que esse cenário mude.

Alta à vista

A alta no valor do Bitcoin parece se aproximar cada vez mais. A diferença entre 2018 e os anos anteriores, é que atualmente a positividade tem pairado no ar, na expectativa de que as finanças globais se integrem ao mercado de criptomoedas, afirmou Erik Voorhees, CO da ShapeShift.

Fonte: newsbtc

Leia também  O que é o SegWit2x e o que significa para Bitcoin?

Guia do Bitcoin

Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link