Os números não mentem, o Bitcoin é muito lucrativo

0 Comentários

 

Há dois perfis de investidores em Bitcoin: os otimistas, que confiam que o Bitcoin trará lucros no futuro, e aquelas que são contra ele. Mas não há motivos para incertezas, e os números e a história mostram isso.

Ganhos certos

Durante os seus 9 anos de história, o Bitcoin registrou uma perda maior do que 50% somente em dois anos: 2014 e 2018. Os motivos dessas perdas ainda não são bastante claros, e as tendências não são lógicas.

Em análise publicada pelo site Investopedia, quem investiu US$ 100 em Bitcoin em 2011, mesmo com a baixa registrada em 2014, que foi de 58%, fechou o ano de 2015 com um ganho de 35%. A baixa de 2014 foi registrada mesmo com a adoção das criptomoedas em empresas como Microsoft, Dell, Overstock e Time. E 2015 não foi considerado um ano excepcional para a criptomoeda, mas ela se manteve em alta.

Leia também  Empregos relacionados ao setor de Bitcoin estão crescendo em ritmo acelerado internacionalmente

Altas seguidas de grandes quedas

No ano de 2013, o Bitcoin registrou um progresso rápido (iniciou o ano valendo US$ 13,51 e fechou o ano com US$ 758, uma alta de 5507%). Em compensação, em 2014 registrou uma queda de 58%, valendo US$ 320. No ano seguinte, 2015, registrou uma recuperação lenta, com alta de 35% e valendo US$ 430. No ano passado, 2017, o Bitcoin atingiu o seu maior valor, fechando o ano com alta de 1331% e valendo US$ 13860. Enquanto que, o ano de 2018 tem registrado uma queda de 54%, valendo atualmente em torno de US$ 6400.

Ou seja, quem comprou Bitcoin em 2013 e os manteve mesmo com as quedas, teve lucro ao longo desses anos. E as maiores altas tem sido registradas entre novembro e janeiro (do ano seguinte). Especialistas apontam na direção da recuperação e da alta do Bitcoin em breve, todos os investidores aguardam por isso.

Leia também  Bombou! Bitcoin se aproxima dos $19.000, subindo $1.000 em apenas 1 dia

Fonte: bitcoinist.com

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.