Os 5 grandes acontecimentos do Bitcoin

0 Comentários

O tem sete anos e meio de idade, ou oito, dependendo de quando você acredita que ele começou – se foi com o desenvolvimento do conceito como um White Paper, ou seu nascimento real de código aberto com as primeiras transações públicas. Durante esse tempo, a vida não foi fácil para o jovem , a moeda digital se tornou extremamente popular no submundo da internet, bem como uma tecnologia disruptiva e economicamente progressista entre nós.

Hoje, vamos relembrar os cinco momentos que ficaram na história do Bitcoin. Não são os cinco melhores momentos, nem os cinco piores, mas os cinco maiores momentos da história do Bitcoin que deixaram uma marca, não apenas na comunidade Bitcoin, mas no mundo, comecemos com o número cinco.

# 5 – A Compra de uma (22 de maio de 2010)

Um fato saboroso para começar. Claramente a operação mais notável que marcou o início da historia do Bitcoin, se não o mais significativo. Jacksonville, Flórida, o programador Laszlo Hanyecz negociou com um membro de um fórum Bitcoin no Reino Unido a comprar 10.000 Bitcoins que ele havia minerado, por uma pizza Papa John de US$ 30. Isso faria um Bitcoin valer menos de US$ 0,01. Hoje, esses Bitcoins valem mais de US$ 5,7 milhões. Esta única transação mostrou ao mundo que o Bitcoin tem valor monetário. 

Leia também  Análise Técnica Bitcoin: Quando o preço vai subir de novo?

 

# 4 – Bitcoin para o alto (novembro de 2013)

O Bitcoin fez algumas ondas na primavera de 2013, e rapidamente cresceu dez vezes no seu valor desde o início daquele ano. O verão foi tranqüilo no mercado de negociação. No entanto, durante as negociações de outono desse ano não só mudaria a visão do Bitcoin na comunidade, mas também colocou o Bitcoin no cenário global como um investimento, pelo menos por uma semana ou duas.

Desde o início de outubro até o final de novembro, os preços do Bitcoin explodiram de aproximadamente US$125 para US$1200, forçando o mundo a tomar conhecimento do que alguns chamavam de “O Dinheiro do Futuro”.

Há muitos fatores nesta bolha: A liberação do Bitcoin para o mercado chinês e algumas práticas manipuladoras no ainda dominante Mt. Gox. Mas a bolha começou a explodir em dezembro de 2013 e não corrigiu completamente até janeiro de 2015, quando os preços caíram para menos de US$180.

# 3 – Aprovação da (11 de dezembro de 2014)

Em associação com a plataforma de pagamentos, , o site da Microsoft começou a aceitar pagamentos em bitcoin para produtos digitais. A quantidade de Bitcoin que poderia ser usada por usuário era limitada em US$1000. A Microsoft não fez muito alarde além de um anúncio público afim de promover o acontecimento, mas eles disseram que levou cerca de três meses para ir do conceito inicial à implementação.

Leia também  Universidade passa a aceitar Bitcoin como forma de pagamento

Eric Lockard, vice-presidente corporativo da Universal Store da Microsoft na época, disse:

“O uso de moedas digitais como o bitcoin, embora ainda não sejam populares, está crescendo além dos entusiastas iniciais. Esperamos que esse crescimento continue e permita que as pessoas usem o bitcoin para comprar nossos produtos e serviços.

# 2 – A Queda do Mt. Gox (7 de fevereiro de 2014)

A Mt. Gox teve um efeito profundamente positivo no crescimento do Bitcoin como moeda global. Foi a origem de qualquer tipo de avaliação oficial do mercado Bitcoin. Poderia muito bem ter sido o primeiro banco internacional do Bitcoin, no início de 2013 movimentou cerca de mais de 70% de todas as transações Bitcoin em todo o mundo. Os usuários de Bitcoin tratavam o Mt. Gox como um banco e confiaram todos os seus bitcoins para Mark Karpeles e o restante da equipe.

Como qualquer Bitcoin, há uma grande quantidade de risco de câmbial envolvido. Quem possui as chaves privadas do Bitcoin possui esses Bitcoins, e a Mt. Gox negociou 150.000 BTC por o dia. Depois de meses de discrepâncias, de preços instáveis ​​com outras bolsas e práticas contábeis que não puderam ser explicadas, em 7 de fevereiro de 2014, Mt. Gox não aceitou mais retiradas de Bitcoin.

Mais de 800 mil Bitcoins foram perdidos após a investigação do governo japonês, exceto para aqueles que tinham protegido seus Bitcoins de tal evento e que foram capazes de recuperar as moedas nos meses seguintes. Mark Karpeles foi preso por vários crimes, e o povo japonês pensou nos dois anos seguintes que o Bitcoin havia morrido porque o Mt.Gox tinha desmoronado.

Leia também  Análise Técnica Bitcoin - Previsão do preço hoje 31 de julho

# 1 – O Alvorecer da Era Bitcoin (31 de outubro de 2008 – 12 de fevereiro de 2009)

O whitepaper foi lançado em 31 de outubro de 2013 por  Satoshi Nakamoto, uma pessoa / empresa / entidade desconhecida até hoje.

Com a invenção do Bitcoin, não é necessário ter uma conta bancária ou usar notas de papel emitidas pelo governo para transmitir valor em todo o mundo. Não se pode discriminar por idade, localização ou identificação. Um garoto de 12 anos com um telefone celular de US$ 50, em uma cabana de lama na Indonésia, com um painel solar, a 500 milhas da instalação bancária mais próxima, pode ter seu próprio banco pessoal na mão.

Implantado como código aberto e lançado em 3 de janeiro de 2009, a primeira transação foi, 10 BTC enviado de para Hal Finney em 12 de fevereiro de 2009. O mundo nunca mais foi o mesmo desde então.

Peter Thiel, co-fundador da Paypal, disse:

“Eu acho que o Bitcoin é o primeiro [dinheiro criptografado] que tem o potencial de fazer algo, como mudar o mundo”.

Guia do Bitcoin