O que é o Lightining Network? – Como melhorar a tecnologia Blockchain

Lightning Network é um sistema construído na base da tecnologia blockchain a fim de realizar transações mais rápidas e mais baratas, ajudando assim o Bitcoin a ser uma moeda mais acessível no dia a dia. O universo das criptomoedas, por mais tecnológico e avançado que seja, continua nos supreendendo a cada dia. A tecnologia do Blockchain, que era considerada muito avançada há pouco tempo atrás já está sendo considerada obsoleta e arcáica. Confira abaixo porque a promessa de implementação da Lighting Network é de importância crucial para melhorar a tecnologia blockchain.

Blockchains são lentos?

Blockchains são lentos, e, portanto, caros. Se eu quisesse enviar-lhe bitcoins (BTC), você os receberia em algumas horas e eu também teria que pagar uma grande comissão. Com essas premissas, como o blockchain conquistará o mundo? Qualquer idéia que possa resolver a não-escalabilidade do blockchain é digna de atenção, tempo e esforço. Lightning Network é uma dessas idéias. No entanto, antes de entender a situação, devemos entender o problema.

Corretora Bonus Depósito Mínimo Cripto Disponíveis Abrir uma Conta
Aceita PayPal $100 Bitcoin, Ethereum, Litecoin, Ripple, Dash, Cardano Comprar Bitcoin

Considere o blockchain como um registro. Este registro contém várias páginas (blocos) e cada um contém transações. Assim que uma página é preenchida com transações, ela deve ser juntada com o registro antes de iniciar as transações na próxima página. Antes que um bloco possa ser adicionada ao registro (chain), existem alguns procedimentos que precisam ser concluídos para garantir que todos concordem com o conteúdo que está sendo transmitido. O processo leva cerca de 10 minutos (do blockchain do bitcoin) para cada bloco. Imagine enviar 1 BTC para o seu amigo João. A transação deve ser mais ou menos assim:

 

Entre outras coisas, uma transação contém informações sobre o remetente, o destinatário, o montante e as comissões (fees).

Comissões? Sim, exato! Comissões: há uma taxa adicional. Você pode pagá-la para incentivar os “mineradores” a incluir sua transação em um bloco o mais rápido possível. Não há preço fixo e depende inteiramente do quanto você está disposto a gastar para acelerar o processo. Quanto maior a taxa, mais rápida será sua transação.

Leia também  Explicando o Bitcoin para quem ainda nada sabe a seu respeito

Em todos os momentos, existem várias transações disponíveis para serem gravadas na página atual.

Os “mineradores”, ou seja, os computadores que funcionam na rede do blockchain, devem decidir qual das transações disponíveis devem incluir no bloco atual. Para ajudá-los a decidir, eles analisam as transações que têm recompensas maiores – isso implica nas transações com comissões mais altas sendo incluídas primeiro.

 

Se houver bastante transações com comissões maiores do que as suas para preencher o bloco, a sua terá que esperar na fila. A espera pode durar de alguns minutos a algumas horas. Às vezes, até dias. Quanto mais você paga em comissões, mais rápido sua transação será processada.

É por isso que os blockchains são lentos e, portanto, caros porque todos começam a utilizá-los. Idealmente, a adoção do blockchain implicaria a elaboração de novas transações, mas aumentando seu número, a rede ficaria mais lenta, acabando impedindo sua adoção. A Lightning Network (LN) é uma solução potencial para o problema.

O que é a Lighting Network?

A idéia por trás do LN é que nem todas as transações devem ser gravadas no blockchain. Imagine o seguinte: Eu e você fazendo algumas transações entre nós. Nesse caso, poderíamos seguir a diante com o registro das transações no blockchain e levá-las para fora do chain. Resumindo, funcionaria assim: abriríamos algo chamado de canal de pagamento entre nós e gravaremos sua abertura no blockchain.

Agora, podemos realizar todas as transações que queremos através deste canal de pagamento, o que pode permanecer aberto por qualquer número de horas, dias, semanas ou décadas. A única vez em que entraremos novamente em contato com o blockchain seria no momento do fechamento do canal. Mais tarde, escreveríamos o estado final das transações que ocorreram através do blockchain.

Utilizando essa idéia de canal de pagamento, poderemos criar uma rede de canais de pagamento que raramente pode ser solicitada para transações no blockchain. Imagine três personagens – Tony, Yuli e Thiago. Se Tony e Yuli tiverem um canal de pagamento aberto entre eles e Yuli e Thiago tenham outro, então Tony pode enviar dinheiro para Thiago via Yuli. Suponha que Tony quer enviar 2 BTC paraThiago, Yuli enviará 2 BTC para Thiago e Tony reembolsará 2 BTC para Yuli. Esta é a idéia da Lightning Network.

Leia também  Regulador Financeiro Europeu adverte Investidores Sobre Riscos de ICO

Como você não entraria em contato com o blockchain, a transação aconteceria à velocidade da luz. Como você pode ter adivinhado, a magia acontece nos canais de pagamento. Vamos aprender então o truque mágico.

E quais são esses canais de pagamento?

 

Eles são como um cofre de segurança no qual duas pessoas depositam a mesma quantia de dinheiro e cada um coloca um cadeado nele.

 

Esta ação de depositar a mesma quantia de dinheiro em uma caixinha comum é registrada no blockchain sob a forma de uma “transação inicial” e, em seguida, um canal de pagamento é aberto entre essas duas pessoas. A idéia de colocar dinheiro nesta caixa é que ninguém pode gastar o dinheiro que contém sem o outro.

O dinheiro na caixa é usado para realizar transações entre um e outro. Imagine que Tony e Yuli depositem 10 BTC cada na caixa comum. Se Tony quisesse enviar 2 BTC para Yuli, como poderia fazê-lo? Para isso, ele deveria transferir uma promessa de propriedade para dois de seus bitcoins na caixa comum para Yuli. Após a transferência da promessa, se a caixinha estiver aberta, Tony poderia tirar 8 BTC e Yuli poderia reivindicar 12.

 

No entanto, eles não vão abrir a caixinha, porque eles vão querer continuar fazendo transações entre eles. Esta é a beleza deste acordo. Se, no dia seguinte, Yuli enviasse 1 BTC para Tony, ele teria que fazer o mesmo – transferir uma promessa de propriedade de um de seus bitcoins para Tony. Após essas duas transações, se a caixinha estiver aberta, Tony poderia reivindicar 9 BTC e Yuli poderia tirar 11.

Veja como funciona:

Para resumir, o sistema de pagamento consiste em uma combinação resultante do pagamento de dinheiro em conjunto e a transferência da promessa de propriedade do dinheiro pago da maneira acordada acima. Se nem Tony nem Yuli querem fechar o canal, eles podem mantê-lo aberto.

Leia também  AMD lança novo pacote de software para mineração de criptomoedas

O encerramento do canal permite que os participantes retirem seus fundos e o resultado da operação seja gravado no blockchain permanentemente. É assim que funcionam os canais de pagamento. Mas isso nem se aproxima a definir o seu verdadeiro potencial. Seu poder real é ativado quando dois ou mais canais de pagamento funcionam juntos para formar uma rede – a Lightning Network.

Ok, mas como isso funciona exatamente?

A Lightning Network funciona transferindo o valor derivado da propriedade dos bitcoin para a promessa de propriedade dos bitcoin. Esta passagem é enorme. Como sempre, usaremos um exemplo para compreendê-lo. Imagine que existem três pessoas -Tony, Yuli e Thiago – que existe um canal de pagamento aberto entre Tony e Yuli e outro entre Yuli e Thiago. Note-se que Tony e Thiago não têm um canal de pagamento entre eles. Nessa situação, se Tony quiser transferir 2 BTC para Thiago, ele pode usar o canal de pagamento entre Yuli e Thiago para fazê-lo.

Como isso acontece?

Tony pede a Yuli que transfira uma promessa de 2 BTC para o Thiago no canal de pagamento de Yuli-Thiago e então reembolsa a Yuli com 2 BTC no canal Tony-Yuli.

 

Graças à Lightning Network, o blockchain é aliviado do peso de milhões de transações (que serão, em vez disso, realizadas fora da cadeia = “off chain”) e os custos serão significativamente reduzidos.

 

 

loading...

Mais de 40 empresas de criptomoedas sul-coreanas implementarão auto-regulação

Mais de 40 empresas na Coreia do Sul estão participando de uma auto-regulação de criptomoedas. Entre eles, estão 14 exchanges que concordaram em implementar medidas de auto-regulação; eles incluem a Bithumb,…

0 Comentários

Novo presidente e CEO do Uber é a favor do Bitcoin e investe em Startup do setor

A Uber teria escolhido o chefe da Expedia, Dara Khosrowshahi, como seu novo CEO. Sob a liderança de Khosrowshahi, a Expedia começou a aceitar bitcoin. Ele também é um investidor…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link