HomeSurge uma ameaça para o Ripple

Surge uma ameaça para o Ripple

agosto 2, 2019 By Sabrina Martins

 

A aliança entre o processador de pagamentos SWIFT e a Corda Settler poderia ameaçar os planos do XRP de revolucionar as transações internacionais.

A Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication, a maior organização mundial responsável pela rede de comunicações entre bancos e outras entidades, anunciou recentemente que conseguiu realizar uma transação financeira internacional em 13 segundos, economizando um tempo considerável, graças ao uso da Corda Settler.

A Corda Settler é uma plataforma para a realização de transações financeiras internacionais, criada pela empresa R3, e cujo objetivo é aproveitar a tecnologia Blockchain para tornar o processo de realização de pagamentos transnacionais muito mais simples, rápido e mais transparente para todos os envolvidos.

Para começar este projeto, a Corda aproveitou a tecnologia fornecida pelo Ripple e sua criptomoeda, o XRP, para realizar as primeiras operações com a Corda Settler através do aplicativo descentralizado criado para motorizar todo o projeto.

O XRP foi uma escolha lógica para colocar o projeto R3 em operação, já que o objetivo fundamental do Ripple e sua moeda digital é fornecer liquidez às transações entre os países, sem a necessidade dos bancos manterem as chamadas “contas nostro”.

As contas Nostro são contas offshore gigantescas, com muito dinheiro imobilizado, de modo que se uma empresa de Singapura fizer um pagamento de 20 000 libras a outra no Reino Unido, o banco só tem de transferir o dinheiro que tem na sua conta britânica para cumprir o compromisso.

Portanto, sendo XRP e Corda dois projetos de código livre com objetivos semelhantes, sua aliança era algo natural, embora não exclusiva, já que o R3 anunciou desde o início que pretendia suportar mais de uma criptomoeda, além de trabalhar com moeda fiduciária .

É aí que entra a SWIFT, sendo a organização que fornece as redes financeiras para mobilizar capital em todo o mundo, sua aliança com a Corda Settler permite que a plataforma R3 chegue a empresas e agentes financeiros que ela própria não conseguiu alcançar.

Agora, o que isso significa para o XRP? A SWIFT deixou claro que no momento não planeja integrar sua plataforma de pagamentos internacionais, a Global Payments Innovation (GPI), com o mercado de criptomoedas, como seu gerente de marketing, Luc Meurant disse:

“Todas as plataformas de negociação exigem ligações estreitas com mecanismos de pagamento rápidos, seguros e confiáveis através das fronteiras, como o GPI (…) Há ainda pouca vontade de fazer pagamentos em moedas digitais e uma necessidade crescente de pagamentos rápidos e seguros em moeda fiduciária”.

A principal causa da desconfiança por parte das empresas nas criptomoedas, seria a alta volatilidade de seus preços, algo negativo na hora de fazer negócios transnacionais.

Portanto, o interesse da SWIFT na Corda Settle se concentraria no uso de sua blockchain para melhorar a velocidade das transações tradicionais de moeda fiduciária, o que poderia acabar afetando o XRP e outras criptomoedas cujo objetivo final é também melhorar a eficiência em pagamentos transnacionais, uma vez que seria a entrada de um concorrente tradicional num domínio em que até agora não tinha se aventurado.

 

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Tags: