HomeSegundo maior banco da Suiça começa a aceitar depósitos em criptomoedas

Segundo maior banco da Suiça começa a aceitar depósitos em criptomoedas

Há um ano atrás o banco Swiss Falcon Private Bank anunciou os serviços de gerenciamento de cripto-ativos: bitcoin, ethereum, litecoin e bitcoin cash. Naquela época, essa decisão foi tida  arriscada, já que a maioria das instituições financeiras na Suíça ainda era cética em relação ao mercado de criptomoedas, especialmente preocupada com a segurança e a imprevisibilidade do mercado.

Mas esse mês outro grande banco privado suíço se juntou a lista daqueles que se arriscam, o banco Maerki Baumann declarou que apoiará cripto-empresas como clientes e também aceitará depósitos em moeda virtual. Há um porém os ativos digitais armazenados devem ser explorados pelo cliente ou recebidos em troca de um serviço. Um requisito curioso para dizer o mínimo e ainda não está claro como Maerki Baumann irá determinar a origem dos tokens.

O banco Maerki Baumann publicou recentemente publicou um artigo intitulado “Criptomoedas – o que exatamente são elas?” por Milko G. Hensel, vice-chefe de TI e digitalização no banco. O artigo explica noções básicas de moedas digitais e a tecnologia blockchain, explicando-as de maneira clara e amigável ao iniciante.

Mas ao final do artigo o autor desaconselha qualquer grande investimento em criptomoedas devido as incertezas, ter cuidado com ICOs fraudulentas, ambigüidades regulatórias e volatilidade, entre outras. Assim, a aceitação da criptomoeda por parte do banco Maerki Baumann parece um pouco estranha e é provavelmente uma reação à crescente demanda institucional por conselhos sobre investimentos em ativos digitais.

Alain Kunz, CEO da startup suíça Coinlab Capital, afirmou que “Por um lado, o governo declara a Suíça uma nação de criptografia e quer se tornar um centro de negócios para a tecnologia blockchain. Por outro lado, os bancos dificultam a vida das startups desse setor em obter relacionamentos bancários, essencialmente matando os negócios emergentes. ”

A Suíça tem se tornado um dos centros mais importantes do mundo para as criptomoedas. O SIX Group, a empresa responsável pela bolsa de valores na Suíça, declarou ter planos de lançar uma plataforma de negociação, bem como serviços de liquidação e custódia de ativos digitais.

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.