HomeRumores: São grandes as chances da SEC aprovar a ETF do Bitcoin

Rumores: São grandes as chances da SEC aprovar a ETF do Bitcoin

outubro 24, 2018 By Diego Marques

Kara Stein uma das comissárias da SEC, declarou que a aprovação da ETF do Bitcoin só será possível se os candidatos atenderem a alguns critérios importantes. 

O ano de 2018 está chegando ao fim e a SEC ainda não deu seu parecer definitivo acerca da tão esperada ETF. Os entusiastas sabem que está nas mãos da SEC a chave que ligará o foguete rumo a lua. Em quase todas as conversas sobre o preço do Bitcoin, o assunto “SEC-ETF” é o foco do tema, o que se sabe até agora é que a tão esperada “aprovação” ocorrerá no primeiro trimestre de 2019.

Mas ontem, novos rumores surgiram, uma fonte não confirmada anunciou que é “grande” a “confiança na aprovação” da ETF do Bitcoin. A fonte anônima relatou que em 9 de outubro “suas fontes na CBOE” participaram de uma reunião com o comissário da SEC, Elad Roisman e a VanEck-SolidX uma das empresas que apresentaram uma proposta de ETF.

Itens críticos

No dia 22 de outubro, a Comissária da SEC, Kara Stein, em uma entrevista a Bloomberg para uma conversa sobre as criptomoedas, ao ser questionada se o Bitcoin deveria ser categorizado como um ativo não correlacionado, moeda legítima, commodity ou security. Ela respondeu de maneira muito superficial, dizendo que a “SEC só determinará se é uma security ou não e deixará a questão do Bitcoin ser uma moeda ou não para os outros”.

Ao falar sobre a ETF, ela tentou explicar o que a SEC quer para aprovar uma ETF. Ela esclareceu que todos os candidatos “terão que demonstrar como podem obter avaliações precisas, como garantir que haja custódia física e como garantir que haja liquidez adequada”. Segundo ela,  a custódia e a liquidez são preocupações cruciais para a SEC, os investidores precisam ter a garantia de que terão seu dinheiro quando quiserem.

Portas abertas

Para a alegria dos entusiastas, o investidores institucionais estão resolvendo vários dos problemas relatados pela SEC como cruciais a serem resolvidos. A Bakkt que será lançada em dezembro resolve todas as preocupações de custódia e liquidez da SEC, já que terá garantias em dinheiro e poderá ser liquidado diariamente se os investidores desejarem.

A Fidelity Investments está desenvolvendo uma solução de custódia de armazenamento “offline” chamada Fidelity Digital Asset Services. Sendo assim só resta uma solução que elimine o medo de manipulação de preço, abrindo todas as portas para que uma ETF do Bitcoin seja aprovada.

Vale destacar que representantes da VanEck asseguraram que já foi suavizada e quase resolvida as preocupações da SEC acerca da manipulação de preços.

Guia do Bitcoin